Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Terceira negra a vencer Miss Brasil, Monalysa é alvo de racismo

Na maioria, os comentários lamentavam o fato de Monalysa ter deixado para trás a gaúcha -- e branca -- Juliana Mueller

A estudante de administração Monalysa Alcântara, do Piauí, desbancou as outras 26 adversárias e ficou com a faixa de Miss Brasil 2017. Com ela, porém, Monalysa, que é a terceira negra a sustentar a coroa do concurso, recebeu também uma série de ataques racistas na internet. Na maioria, os comentários lamentavam o fato de Monalysa ter deixado para trás a gaúcha — e branca — Juliana Mueller, segunda colocada. Em terceiro, ficou Stephany Pim, do Espírito Santo.

De todos os comentários infelizes, o mais replicado e debatido foi o de uma usuária chamada Juliana Porto, que disse que Monalysa tem “cara de empregadinha”.

 

 

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Eleonora Saramago

    E ISSO REDAÇÃO
    PREMIAR A FEIA
    É UMA INJUSTIÇA PRATICADA EM NOME DO POLITICAMENTE CORRETO E
    E COM UMA BOA DOSE DE RACISMO CONTRA A MENINA QUE FOI ROUBADA

    Curtir

  2. Eleonora Saramago

    VAI VAI VER A M QUE SE ESTÁ FAZENDO
    QUANDO A MENTIRA PASSA A NORTEAR AS NOSSAS DECISÕES
    A MENINA QUE GANHOU É FEIA SE COMPARADA A GAÚCHA
    SIMPLES ASSIM MEU POVO

    Curtir

  3. Kevin Leandro da Silva

    Muito dos comentários nessa notícia não tem base nenhuma sobre o racismo em si, mostra mais uma indignação pela beleza da campeã comparado com outras concorrentes, eu mesmo preferia a miss ES ou RS independente da cor. Matéria muito sensacionalista. Típico da Veja

    Curtir

  4. Paulo Santos

    Tenho uma enorme dúvida sobre reportagens que embora mostrem algo que nem sempre é racismo, digamos que PODE ser racismo. Beleza não tem raça. Poderia ser uma moça de qualquer uma. Não vi as outras, mas achei essa piauiense linda. Agora se alguém se expressar de forma correta porque acha que uma de origem japonesa seria mais bonita não vejo como racismo. Se não fosse tão velho e bem casado casaria com a Maju.

    Curtir

  5. Paulo Santos

    Quando as pessoas são doentes IMAGINAM que até um olhar está “eivado de racismo”. O verdadeiro racismo em nosso país é o quanto de $$$ se tem.

    Curtir