Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Taylor Swift é acusada por plágio em ‘Shake It Off’ – de novo

Para representantes da cantora, tem gente querendo ganhar dinheiro fácil

Taylor Swift enfrenta uma nova acusação de plágio, desta vez pela letra de Shake It Off, música que lançou como single em 2014, antes de sair no disco 1989. Representantes da cantora, porém, refutam com virulência a hipótese. “É um processo ridículo, nada mais que uma tentativa de obter dinheiro”, disse um representante da cantora ouvido pela revista americana People. A ação é movida por dois compositores, Sean Hall e Nathan Butler, que veem similaridade entre a letra de Shake It Off e a de Playas Gon’ Play, de autoria da dupla.

Playas Gon’ Play tem um trecho que diz, “Playas, they gonna play and haters, they gonna hate”, e em Shake It Off Taylor Swift canta, “Cause the players gonna play, play, play, play, play/ And the haters gonna hate, hate, hate, hate, hate”. Vale dizer que não há nada de original em se afirmar que “players gonna play” (jogadores jogarão) e que “haters gonna hate” (odiadores odiarão).

Este não é o primeiro processo de plágio movido contra Taylor por Shake It Off, canção de autoria dela, Max Martin e Shellback. Em 2015, o cantor de R&B Jesse Graham pediu 42 milhões de dólares de indenização pelo que, dizia, seria uma cópia do refrão de sua canção Haters Gone Hate, que tem melodia completamente diferente da música de Taylor.