Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Série da Netflix sobre assassinato de freira vira hit

A série 'The Keepers' conta a história da freira conhecida como irmã Cathy, que foi assassinada há mais de meio século, com apenas 26 anos

Uma série documental sobre o misterioso assassinato de uma jovem freira ocorrido há meio século é a mais nova aposta da Netflix, comprovando a atual popularidade das histórias de crimes reais ocorridos nos Estados Unidos. The Keepers, lançada no último mês e já disponível no Brasil,  é composta por sete partes, e tenta desvendar a história da irmã Cathy Cesnik, uma freira residente em Baltimore que lecionava na Archbishop Keough High School, colégio católico apenas para meninas, e foi assassinada em 1969.

Veja também

Cathy desapareceu no dia 7 de novembro de 1969 e seu corpo foi encontrado sem vida quase dois meses depois. Na época, o crime chocou o local. Além da freira ser muito amada pelas alunas, foi descoberto que a escola escondia um lado tenebroso. O capelão da escola, irmão Joseph Maskell, seria um pedófilo que dominava suas vítimas psicologicamente e tudo ocorria com o conhecimento da Arquidiocese de Baltimore. Na época, Maskell, que também era policial, rebateu e negou tais suspeitas. Ele morreu em 2001 e nunca foi formalmente acusado.

Até hoje, o assassinato permanece sem solução. Muitas das pessoas com alguma informação sobre o caso já faleceram e as que ainda estão vivas, são idosas.

Ciente da popularidade da série, a polícia reabriu a investigação sobre o assunto. Os restos mortais de Maskell foram exumados para a realização de testes de DNA, em busca de uma possível relação com a morte da irmã Cathy. Mas nada foi comprovado.

Veja abaixo o trailer da nova produção, que promete ser um sucesso no modelo de Making a Murderer.

 

 

 

(Com AFP)