Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

SeaWorld encerra shows com orcas após documentário crítico

A decisão do parque de San Diego, Estados Unidos, vem dois anos depois do filme 'Blackfish: Fúria Animal', que faz críticas ao tratamento recebido pelos animais

O parque SeaWorld, em San Diego, Estados Unidos, vai encerrar as apresentações com orcas a partir de 2017, anunciou Joel Manby, CEO da Herschend Family Entertainment, grupo familiar dono de diversos parques no país. O SeaWorld sofre com protestos e evasão de visitantes desde 2013, quando foi lançado o documentário Blackfish: Fúria Animal, dirigido por Gabriela Cowperthwaite, que critica o pequeno cativeiro em que o parque mantém suas orcas.

LEIA TAMBÉM:

Tragédia no SeaWorld: baleia agarrou treinadora com a boca, diz testemunha

Fotógrafa registra ataque de orca contra golfinho

Expedição busca raro exemplar de orca branca

Com a popularidade do filme, diversos artistas cancelaram as apresentações que fariam no local, como forma de protestar contra o tratamento conferido aos animais. “O ponto principal é que nós estamos ouvindo nossos espectadores e estamos nos desenvolvendo como companhia”, disse um representante do parque aos acionistas do SeaWorld.

O tradicional show com orcas deve ser substituído por uma nova experiência com bichos, em um ambiente que se aproxime de seu habitat natural, com uma “mensagem de conservação para inspirar as pessoas a agirem”. A companhia disse ao canal britânico BBC que a decisão do parque de San Diego não significa que os de Orlando, Florida, e San Antonio, Los Angeles, todos nos Estados Unidos, também irão mudar os shows.