Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Salgueiro pega carona nas asas da arara do filme ‘Rio’

Escola recebeu patrocínio de 3 milhões de reais da prefeitura, que vê no desfile uma oportunidade de retribuir a projeção que longa dará à cidade

A fusão entre carnaval e cinema não é exatamente algo inédito, mas o desfile do Salgueiro esse ano será o primeiro da história a funcionar como uma verdadeira première mundial de um filme. Um dos maiores lançamentos do cinema internacional previstos para 2011, e sério candidato às maiores bilheterias do ano no Brasil, a animação Rio, do carioca Carlos Saldanha, foi o ponto de partida para o enredo Salgueiro apresenta: O Rio no cinema. O diretor brasileiro traz no currículo o sucesso e as cifras milionárias da trilogia Era do Gelo.

O filme conta a história de Blu, uma arara azul ameaçada de extinção que vem ao Rio para encontrar Jade, provavelmente a última fêmea da espécie. A viagem, que acontece justamente durante o Carnaval, transforma-se numa grande aventura, que tem as paisagens e os pontos turísticos da cidade como cenário. Como não poderia deixar de ser, há uma sequência inteira dedicada ao desfile das escolas de samba na Marquês de Sapucaí.

Daí para se pensar em um desfile sobre o filme foi um pulo. A ideia veio do prefeito Eduardo Paes, durante uma visita, em fevereiro do ano passado, aos estúdios da produtora Blue Sky, nos Estados Unidos. Afinal, se o filme faz propaganda do Carnaval, alguma agremiação também poderia retribuir na mesma moeda. A proposta foi feita a cinco escolas e acabou sendo encampada pelo Salgueiro, após cair nas graças do carnavalesco Renato Lage.

“O desfile é uma grande oportunidade de usarmos o alcance internacional do Carnaval do Rio para retribuir tudo o que a cidade vai ganhar com esse filme do Carlos Saldanha, que é um grande presente para nós”, disse Sérgio Sá Leitão, presidente da RioFilme, na tarde desta terça-feira, em uma coletiva com gente do carnaval e do cinema.

Com um incetivo de 3 milhões de reais da prefeitura, através da RioFilme, o Salgueiro terá um carro alegórico e quatro alas dedicadas ao longa de Carlos Saldanha. A alegoria trará esculturas gigantes das araras Blu e Jade, os dois protagonistas da animação. No entanto, o enredo vai além e transforma o Rio num set de filmagens, com personagens de outros filmes que fizeram história no cinema. Um dos pontos altos será o setor “Deu a louca em Hollywood”, no qual personagens como Homem-aranha, Batman e King kong vêm ao Rio em busca de um tesouro escondido na Baía de Guanabara.


“O nosso enredo começa na Cinelândia, na noite de estreia de um grande filme que o Salgueiro vai fazer na Avenida. Começamos com uma sátira da Atlântida Cinematográfica com a Atlântida continente perdido. A gente imagina que tem um tesouro perdido no fundo do mar. E a primeira personagem que entra nessa brincadeira é a Carlota Joaquina, que vem atrás desse tesouro. Depois, entra Madame Satã, Carmem Miranda, Orfeu… Todos em busca do tesouro”, afirma Paulo César Barros, diretor de carnaval do Salgueiro.

Ao comprar a proposta do enredo, a direção do Salgueiro sabia que os benefícios iriam além da verba milionária do patrocínio. Com os megaeventos esportivos dos próximos anos, o Rio de Janeiro vive um momento singular de destaque na vitrine internacional, e pegar a oportunidade de pegar carona nessa onda não é de se jogar fora. Hoje, a principal meta da RioFilme é convencer os grandes estúdios de que a cidade é o set perfeito de filmagens. Para tal, foi criada em setembro de 2009 a Rio Film Commission, responsável por atrair e facilitar a vida de quem quer rodar filmes na cidade.

“Queremos que o Rio seja o número 1 no ranking de locações e na produção audiovisual da América Latina, competindo com Los Angeles, Nova York, Paris e Londres”, afirma Steve Solot, presidente da Rio Film Comission.

Os resultados já começaram a aparecer. No ano passado, o Rio serviu de locação para continuações de duas franquias: Amanhecer, da série Crepúsculo, e Velozes 5, de Velozes e Furiosos. Estão confirmados para o Rio de Janeiro os lançamentos mundiais de Rio e de Velozes 5. A RioFilme negocia, agora, trazer a première de Amanhecer para a cidade.