Saia justa: humoristas inserem sexo no ‘Fala que Eu te Escuto’

Ao vivo no programa evangélico 'Fala Que Eu Te Escuto", grupo Pagode da Ofensa questiona bispo sobre uma série de tabus da religião

A estreia de Fabio Porchat mobilizou a Record de tal forma que nem o evangélico Fala que Eu te Escuto, atração das madrugadas da emissora, escapou de abordar o assunto. Com gancho na primeira edição do Programa do Porchat, o bispo Edgard Brum recebeu o grupo de comediantes Pagode da Ofensa para discutir os limites do humor. E acabou numa saia-justa.

LEIA TAMBÉM
Avião da Igreja Universal será leiloado pela Receita
Sasha a Fabio Porchat: funk, paixão por Júnior Lima e ‘Ilariê’
Neymar fora da estreia de Porchat, que vai de Safadão e Sasha

Ao ritmo de samba, o grupo questionou o líder da Igreja Universal: “Meu amigo bispo / uma coisa que eu não tô ligado /me diz por que / dar o bumbum é pecado”. O religioso, aparentemente constrangido, riu sem graça; Diante do seu desconforto, o Pagode da Ofensa mudou de assunto: “Meu amigo bispo / me diz como é que faz / será que pelo Skype / dá para tirar o Satanás”. Mais confortável, Brum tentou brincar: “Vou tirar, hein?”.

Mas o grupo não esqueceu por que estava ali. Algum tempo depois, eles voltaram a falar do tabu: “Não pode dar o ‘cutuco’ antes de casar?”. Dessa vez, o bispo, talvez já recuperado da surpresa, se saiu com uma resposta bastante liberal:”Ai, vai de cada um. Na vida, cada pessoa responde pela sua”.

Fala que Eu te Escuto é um programa produzido pela Igreja Universal do Reino de Deus, apresentado na madrugada pela Rede Record por pastores e bispos. Graças ao grupo Pagode da Ofensa, a atração foi um dos assuntos mais debatidos no Twitter no horário, entrando para os Trend Topics do Brasil.