Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Pai reluta em desligar aparelhos de Bobbi Kristina

Segundo o site americano TMZ, não há mais o que os médicos possam fazer pela filha de Whitney Houston

Desenganada pelos médicos, Bobbi Kristina, 21, a filha da cantora Whitney Houston e do rapper Bobby Brown, só se mantém viva por causa do pai, que reluta em desligar os aparelhos, segundo o site americano de celebridades TMZ. Encontrada inconsciente em uma banheira no sábado, 31 de janeiro, Bobbi passou a semana em coma induzido, com poucos sinais de melhora, que se extinguiram nos últimos dias, levando os médicos a acreditar que não haja mais nada a fazer por ela.

Leia também:

Filha de Whitney Houston é filmada fumando maconha

Na tentativa de reanimar a menina, familiares a transferiram de hospital, internando-a em uma instituição com know-how em neurologia, na última quarta-feira. Não houve reação por parte de Bobbi, porém. O pai estaria resistindo à ideia de desligar os aparelhos que mantêm a filha viva por ter um caso, em sua família, de uma pessoa que saiu do coma após 8 dias.

Encontrada pelo marido, Nick Gordon, na banheira de sua casa perto de Atlanta, no estado da Geórgia (sudeste), no último sábado, Bobbi Kristina foi reanimada pelas equipes de emergência e precisou ser internada em coma induzido em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Policiais afirmaram ter achado drogas no local. O caso choca por lembrar a morte de sua mãe. Whitney Houston, de 48 anos, foi encontrada morta na banheira de um quarto de hotel, após uma overdose de drogas, álcool e remédios.