‘Mulheres Ricas 2013’: endinheiradas paz e amor

Participantes da segunda edição adotam discurso polido para evitar ser apontadas como a nova Val Marchiori e não querem saber de brigas, responsáveis pela repercussão da primeira temporada

Se a primeira edição de Mulheres Ricas foi marcada por brigas a barracos dentro e fora do programa, a segunda temporada deve ir ao ar no maior clima de paz e amor. Preocupadas em serem apontadas como a nova Val Marchiori, a socialite que causou intrigas e fingiu comprar um jatinho particular como quem adquire uma calcinha, as novas ricas têm adotado um discurso envernizado para se mostrar socialmente responsáveis. Até o diretor da atração, Diego Pignataro, quer desvencilhar o programa da futilidade excessiva, traduzida em delírios de consumo e porres de champanhe vistos no ano passado. “Eu achei muito chocante toda aquela ostentação. Vamos focar mais nos conflitos presentes no cotidiano das participantes”, diz o diretor Diego Pignataro sobre o programa, que vai ter dez episódios e tem estreia prevista para 7 de janeiro na Band.

LEIA TAMBÉM:

Narcisa Tamborindeguy perde joias em táxi n

o Rio

Narcisa Tamborindeguy