Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Morre em Paris o escritor Jorge Semprún

O escritor espanhol e ex-ministro da Cultura Jorge Semprún morreu nesta terça-feira em Paris aos 87 anos. A informação foi transmitida pelo Ministério da Cultura da Espanha. Semprún morreu em sua casa, acompanhado de seus filhos e de seus sobrinhos, segundo afirmaram fontes de sua família. Ainda não foi anunciado o local do enterro, mas, segundo as mesmas fontes, será “quase com certeza em território francês”.

O escritor foi uma figura relevante na literatura e na política com uma impressionante trajetória pessoal e profissional. Nascido em 10 de dezembro de 1923 em Madri, mudou-se para a Holanda com o início da Guerra Civil e, terminado o conflito, se exilou com a família em Paris.

Semprún ingressou no Partido Comunista da Espanha e fez parte da Resistência francesa. Foi preso pela Gestapo, a polícia secreta nazista, e deportado em 1943 ao campo de concentração de Buchenwald, na Alemanha, onde permaneceu 16 meses, experiência refletida em vários livros.

Na política espanhola, foi ministro da Cultura durante o governo do presidente Felipe González. Semprún se casou com a atriz Loleh Bellon, mãe de seu filho Jaime, que também é escritor, e depois com Colette Leloup, com quem teve seu filho Dominique.

(Com agência EFE)