Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Médicos reduzem remédios para pressão, mas estado de Pedro Leonardo ainda é grave

A equipe médica que cuida de Pedro Leonardo, internado na unidade de terapia intensiva (UTI) do Instituto Ortopédico de Goiânia (IOG) desde sexta-feira, começou a reduzir lentamente os remédios que controlam a pressão arterial do cantor. O estado de saúde do filho de Leonardo, no entanto, ainda é “extremamente grave”, de acordo com a médica Marta Mainardi, assessora de Wandervan Azevedo, o diretor da UTI do IOG.

LEIA TAMBÉM: As tragédias que marcaram o universo sertanejo

“Ele fez hemodiálise hoje, durante todo o dia, sem intercorrência ou febre. É uma melhora discreta, mas o quadro clínico geral continua muito grave”, diz Marta. “O paciente segue sedado e respirando com aparelhos.”

Um novo boletim deve ser divulgado pelo hospital ainda nesta terça-feira. Porém, a transferência do cantor para o hospital Sírio Libanês, em São Paulo, não irá mais acontecer hoje.