Mahershala Ali é o primeiro ator muçulmano a ganhar um Oscar

Ator ganhou o prêmio de melhor ator coadjuvante pelo papel de um traficante, em 'Moonlight: Sob a Luz do Luar'

Mahershala Ali se tornou o primeiro ator muçulmano a receber uma estatueta do Oscar, na noite de domingo. Ali ganhou o prêmio de melhor coadjuvante por sua interpretação de um traficante no filme Moonlight: Sob A Luz do Luar. A premiação é inédita – em 1963, o ator Omar Sharif foi indicado por sua atuação em Lawrence da Arábia, mas não chegou a ganhar.

Em seu discurso de agradecimento, Ali, de 43 anos, também conhecido por seu papel na série House of Cards, mencionou seus “maravilhosos professores” e sua esposa, que havia dado à luz alguns dias antes. “Sou abençoado por ter tido uma oportunidade. Foi uma experiência maravilhosa”, afirmou ao microfone ao agradecer ao diretor de Moonlight, Barry Jenkins, e a Tarell Alvin McCraney, que escreveu a peça na qual o filme se baseia.

Foi também a primeira vez que Ali, que se converteu há 17 anos, foi indicado ao Oscar. Ao ganhar o prêmio como coadjuvante no SAG Awards, premiação do sindicato dos atores de Hollywwod, ele havia feito um discurso emocionado sobre a importância de apoiar pessoas marginalizadas. “O que aprendi em Moonlight é o que acontece quando perseguimos as pessoas”, falou na ocasião, ressaltando sua condição de muçulmano.