Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Luciano Huck oferece brasileiras para gringos e revolta fãs

Apresentador se viu obrigado a apagar post após críticas nas redes sociais. A amigos próximos, ele disse que a 'proposta' não passa de um 'namoro na TV'

(Atualizado às 22h)

A Copa do Mundo fez o Rio de Janeiro entrar em um carnaval fora de época. Não só pela intensa movimentação de turistas pela cidade e a aglomeração de pessoas fantasiadas e festejando o tempo todo – o clima de azaração é permanente por toda a cidade. Brasileiros e brasileiras são uma atração à parte para gringas e gringos, e vice-versa. Em meio a toda a movimentação de casais que nem sempre duram mais do que o primeiro beijo, espalham-se campanhas contra a exploração sexual de mulheres. Qualquer brincadeira em relação a isso não é bem vista. Por isso, pegou tão mal o “convite” que Luciano Huck fez nas redes sociais esta semana.

Leia também:

‘Campanha’ de Huck reforça estereótipo, reclamam críticos

“Carioca? Solteira? Louca para encontrar um príncipe encantado entre os ‘gringos’ que estão invadindo o Rio de Janeiro durante a Copa? Chegou a sua hora… Mande fotos e por que você quer um gringo ‘sob medida'”, escreveu ele, na tarde de terça-feira, provavelmente preparando algum novo quadro para o seu Caldeirão. A proposta, que continha ainda um e-mail de contato, foi divulgada no Facebook e no Twitter, que imediatamente se encheram de críticas e pedidos de respeito às brasileiras. Os que condenam a atitude são, em grande parte, homens, mas muitas mulheres também se mostram ofendidas.

Para evitar constrangimento maior, Luciano apagou o post do Facebook, o que levou os seguidores a comentarem em publicações anteriores. Deve fazer o mesmo no Twitter, embora as duas publicações já tenham se multiplicado em reproduções na internet. Oficialmente, ele não se manifesta sobre o assunto, prefere esperar que a história perca força sozinha – o que, se depender das redes sociais, pode levar um bom tempo. Mas a amigos próximos, o apresentador se mostrou surpreso com a repercussão negativa de uma ideia que, segundo suas palavras, “nada mais é do que o ‘namoro na TV’, que existe há mais de 40 anos na televisão e ninguém critica”.

No fim da tarde, a Rede Globo emitiu uma nota por meio de sua assessoria de imprensa. O texto diz que Luciano Huck, assim como toda a equipe de seu programa, “é contra qualquer tipo de violência e sempre apoiou campanhas contra a exploração sexual de mulheres”. Segundo a emissora, a mensagem postada nas redes sociais “se refere a um quadro já produzido outras vezes pelo ‘Caldeirão’ e, por outros programas com o intuito de promover o encontro entre pessoas, sejam elas brasileiras ou não. A nova edição do quadro é um projeto em estudo, que sequer está em produção, assim como outras iniciativas internas do programa”.

Reprodução do Facebook de Luciano Huck

Reprodução do Facebook de Luciano Huck (VEJA)

Reprodução do Facebook de Luciano Huck

Reprodução do Facebook de Luciano Huck (VEJA)