Jim Carrey é processado pela mãe da ex que se matou

Brigid Sweetman afirma que a filha morreu de overdose após descobrir que o ator havia passado três doenças sexualmente transmissíveis para a moça

Jim Carrey está sendo processado pela mãe de sua ex-namorada, Cathriona White. Segundo o site americano TMZ, Brigid Sweetman alega que a filha morreu de overdose após descobrir que o ator havia passado três doenças sexualmente transmissíveis para ela, que foi confrontá-lo e acabou dispensada por ele.

LEIA TAMBÉM:
Jim Carrey é processado por morte de namorada
Namorada de Jim Carrey é encontrada morta em Los Angeles
Jim Carrey carrega o caixão de ex-namorada

Brigid diz no processo que Carrey chamou Cathriona de “vad**” e a ameaçou. De acordo com a mãe, a moça descobriu que havia contraído dois tipos de herpes e clamídia em 2013. Ela foi falar com o ator, que disse que ela devia ter contraído as doenças com outra pessoa. A jovem insistiu e Carrey terminou o namoro. Depois, ele ainda teria enviado pessoas para assustarem a ex e fazê-la manter silêncio sobre o caso.

Cathriona morreu no ano passado, após sofrer uma overdose de medicamentos. Carrey também está sendo processado por Mark Burton, ex-marido da jovem. Ele diz que o ator usou um nome falso para comprar as drogas que mataram a ex-mulher.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Paulo Bandarra

    O sonho americano. Enriquecer processando algum famoso.

    Curtir