Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Feito a Grão é o melhor café de Salvador

Grãos de microlotes, torrefação própria e variada oferta de métodos de extração garantem à rede soteropolitana o quinto título na categoria

A cada duas semanas, a loja matriz, no Itaigara, fica especialmente tomada pelo perfume de café. Explica-se: no mezanino deste endereço são torrados os quatro tipos de grão usados pela marca em suas onze unidades — além dos sete pontos de venda da capital há dois em Aracaju (SE) e dois no Recife (PE). Pentacampeã em edições de VEJA COMER & BEBER, a rede opera sob nova administração desde outubro de 2016, quando Bruno Albuquerque, que era franqueado, assumiu o comando. Ele faz questão de torrar pessoalmente o café em pequenas quantidades, para que a matéria-prima esteja sempre fresca nas lojas, e de buscar grãos diferentes a cada nova safra. A oferta atual inclui uma opção do sítio Santo Antônio do Prado, em Araponga (MG), mais três capixabas, entre elas o catuaí-vermelho produzido na Serra do Caparaó, que passa por processo de fermentação para ganhar acidez e doçura intensas. Moídos na hora do pedido, os grãos podem
ser empregados nas bebidas coadas, como as que são feitas na prensa francesa, na Aeropress ou nos filtros Chemex e Hario (R$ 8,50 cada uma). Para facilitar a escolha, vale a pena solicitar
aos atendentes o didático guia impresso que detalha características das diferentes matérias-primas e dos métodos de extração dos filtrados. A elaboração do expresso (R$ 8,90) conta com um blend próprio, o mesmo usado no preparo do cold brew (R$ 8,90), bebida obtida por meio de uma infusão a frio que dura 24 horas e é servida em um copo com gelo e uma fatia de limão. Se bater a fome, o cardápio de guloseimas também não decepciona. O time de sugestões açucaradas inclui a tortinha de damasco (R$ 6,50), o brigadeiro amargo com nibs de cacau (R$ 4,90) e o muffin integral de banana com nozes (R$ 8,90). Entre as receitas salgadas, há tortas de tamanho individual em versões de camarão com catupiry e integral com recheio de espinafre mais ricota (R$ 15,90 cada uma). Nas lojas que dispõem de estrutura de cozinha, são oferecidos ainda pratos como o filé feito a grão (R$ 37,90), que combina escalope de filé-mignon, risoto de queijos e batata gratinada na manteiga de ervas, tudo regado com molho à base, claro, de café. Rua das Hortênsias, 918, Itaigara, ☎ 3018-5288 (30 lugares). 8h/22h. Mais seis endereços. Aberto em 2006.

2º lugar: Lucca Cafés Especiais
A casa oferece vinte rótulos de café, provenientes de dezesseis produtores. Entre as bebidas quentes, o destaque é o Ébano (R$ 19,00), que leva 30 gramas de café, chocolate importado, leite cremoso, canela, chantili e bolinhas de chocolate. Na seleção de gelados, o mais popular é o biscotti menta (R$ 28,00), mistura de café expresso, leite, chocolate importado, menta, chantili e gelo batido. Ambas as receitas são feitas com blend expresso, com os cafés das fazendas do Serrado e Sul de Minas. Salvador Shopping, ☎ 3033-6408 (70 lugares). 9h/22h (dom. e feriados, 12h/21h). Aberto em 2007.

3º lugar: Cafélier
Enquanto contempla a vista da Baía de Todos-os-Santos ou observa fotos e objetos antigos que compõem a decoração da cafeteria, o cliente pode pedir a bebida que leva o nome da casa, feita de expresso, conhaque, leite condensado, licor de chocolate e chantili (R$ 14,00). O expresso da casa extraído de grãos da Chapada Diamantina moídos na hora também é combinado a cafés gelados, como o vienense, batido com sorvete de baunilha e decorado com chantili (R$ 20,00, 200 mililitros). Na ala doce, o travesseiro de sintra tem massa folhada, recheada de doce de ovos e amêndoas (R$ 8,00). Rua do Carmo, 50, Santo Antônio, ☎ 3241-5095 (30 lugares). 14h/21h30 (dom. 14h/20h).  Aberto em 1994.