Espólio de Michael Jackson paga US$ 55.000 para atriz do clipe ‘Thriller’

Segundo o site TMZ, Ola Ray havia aberto processo contra o cantor em 2009, pouco antes de ele morrer, pedindo sua parte nos lucros do vídeo

A atriz Ola Ray, que atuou no clipe Thriller, de Michael Jackson, recebeu 55.000 dólares (cerca de 112,5 mil reais) em participações nos lucros do vídeo atrasados.

A atriz Ola Ray no clipe de Thriller

A atriz Ola Ray no clipe de Thriller (VEJA)

Leia também:

Musical sobre Michael Jackson vem ao Brasil em março

De acordo com o site TMZ, ela havia aberto processo contra o cantor pouco antes de ele morrer, em 2009, alegando quebra de contrato por não ter recebido o que deveria.

Além dos 55.000 que foram para a atriz, o espólio de Jackson também teve de pagar 20.000 dólares (aproximadamente 40,9 mil reais) para o advogado dela.

Acordo – Fora isso, o diretor do clipe, John Landis, também havia entrado com processo pedindo 2 milhões de dólares (cerca de 4,09 milhões de reais), e também entrou em acordo com o espólio — o que significa que ele deve ter recebido o valor que pedia ou, pelo menos, um valor satisfatório.

Lançado em 1983, o vídeo de Thriller acabou se tornando o clipe mais famoso de Jackson, e é considerado o mais influente da história.