Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Elio García, o maior fã de ‘A Guerra dos Tronos’

O americano de 33 anos passou os últimos 14 anos da vida apreciando a obra de George R. R. Martin. Depois de tanta dedicação, foi convidado a escrever um livro com o autor

Em 1997, o estudante americano Elio García resolveu seguir o conselho da namorada que conheceu pela internet em um jogo baseado na trilogia de O Senhor dos Anéis – comprar um livro de fantasia épica que, segundo ela, era especialmente diferente. García, segundo conta a reportagem de VEJA, não se arrependeu. Pelo contrário, ficou completamente apaixonado pela história. Tão apaixonado que um ano depois resolveu criar ele mesmo um jogo baseado no livro e um website para reunir fãs. Hoje, o Westeros.org é o maior portal de divulgação sobre a série As Crônicas de Gelo e Fogo. Atualmente com 18.000 fãs cadastrados no fórum e mais de um milhão de tópicos de discussão, García conseguiu em 1997 autorização do próprio autor, americano George R. R. Martin, para representá-lo oficialmente na internet e até fazer um jogo baseado na série. “Quando o George viu que tínhamos feito um site com os brasões das famílias ele ficou muito animado e nos autorizou a continuar o trabalho”, disse García a reportagem do site de VEJA.

Coautor –Elio não é um fã comum. O estudante de letras assumiu o posto de braço de Martin há 14 anos, quando entrou em contato com o escritor pela primeira vez. Desde então começou a reunir informações sobre o mundo imaginário de Crônicas de maneira organizada e detalhada. Em 2004, quando García visitava Martin em sua casa no estado do Novo México (EUA), o autor disse que os editores queriam um livro que falasse sobre a história do mundo de Westeros e Essos, os continentes imaginários de As Crônicas de Gelo e Fogo. A partir daquele dia, além de fã, Elio tornou-se coautor do livro World of Ice and Fire, uma espécie de bíblia que vai dar a descrição mais completa das famílias, terras e aspectos históricos que completam o cenário de Crônicas.

Consultor – O fã é tão fissurado na série que já leu A Guerra dos Tronos pelo menos 12 vezes. Conhece a história quase tão bem quanto o próprio autor, que não raramente o consulta quando tem alguma dúvida. “Ele me envia emails me perguntando detalhes das famílias, coisas que já foram ditas nos livros e elementos passados que podem servir para compor o futuro da trama”, disse García.

Privilegiado – Hoje com 33 anos, García mora na Suécia com a esposa – aquela namorada que conheceu na internet ainda adolescente – onde pretende fazer doutorado em literatura inglesa. Em 2010 ele teve o privilégio de visitar o set de filmagens da HBO e conheceu o elenco que está participando da série Game of Thrones. “É uma sensação incrível andar pelos sets de filmagem. É como se estivéssemos dentro do fantástico mundo criado por Martin”, disse.

Talvez pela proximidade com George R.R. Martin durante todos esses anos e o acesso privilegiado à mente do autor, García nunca reclamou sobre a demora na publicação dos livros da série, ao contrário de muitos fãs que criaram sites contra Martin e até um livro foi publicado. “Pra mim, a série é uma obra de arte do George, e se ele precisar de muitos anos para deixar os livros no ponto em que deixá-lo mais feliz, esse é preço que se paga para ler uma história tão magnífica”, disse. “Existem muitos livros no mundo para que eu me preocupe em não ter um que ainda não foi lançado”, afirma.

Dez razões pelas quais ‘A Guerra dos Tronos’ é (muito) melhor do que ‘O Senhor dos Anéis’

‘Game of Thrones’: A fantasia para adultos na TV brasileira

O inverno está chegando na HBO

Leia os primeiros capítulos dos livros ‘A Guerra dos Tronos’ e ‘Fúria dos Reis

Terceiro livro da série ‘As Crônicas de Gelo e Fogo’, ‘Tormenta de Espadas’, será lançado em setembro

Estrelas e iniciantes trazem à tela a saga ‘Game of Thrones’