Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Duo espanhol lança álbum em homenagem a Chico Buarque

Valência (cidade), 12 jun (EFE).- Inspirados na sonoridade de Chico Buarque e nas praias de Dénia, o músico valenciano Nacho Mañó, do grupo Presuntos Implicados, e sua mulher, a vocalista Gisela Renes, lançaram nesta terça-feira o álbum (mais DVD) ‘Canto rodado de Chico Buarque’, uma singela homenagem ao cantor brasileiro.

Em entrevista coletiva, os músicos fizeram questão de recordar que foi justamente a paixão pela música brasileira que acabou dando origem ao casal e também ao duo. A ideia deste diferenciado álbum surgiu em 2009 em uma ‘distinta’ praia de Dénia, a Almadrava, onde deverão voltar para apresentar ‘o show perfeito’ de seu primeiro trabalho juntos.

‘O que nasceu como o primeiro de uma série de trabalhos sobre grandes cantores brasileiros se transformou, além disso, em um documentário sobre processo criativo, amor à profissão e sobre a implicação pessoal de um grupo de profissionais de distintas disciplinas que vão ao limite de sua criatividade’, declarou o compositor, cantor e guitarrista valenciano.

‘Sua peculiaridade é tão importante como as próprias canções, enquanto a produção musical aparace como uma imagem visual’, ressaltou Nacho, que considera que esse projeto é ‘muito pessoal, diferente e peculiar por ser gravado ao contrário do habitual’.

Em agosto de 2010, o casal gravou primeiro o show ao vivo, no café Mercedes de Valência, e depois seguiu para os trabalhos no estúdio de gravação.

‘O disco se escuta e se enxerga; você pode ver a música’, sublinhou o compositor do Supostos Implicados, que confessou que em uma profissão que ‘o desapego ajuda muito’, esta criação ‘traz as raízes de seus amores’: a praia de Dénia, a família, a mulher e a música brasileira.

Para Gisela – colaboradora de Nacho Cano, Armando Manzanero e Supostos Implicados -, este trabalho, ‘que une imagem e música’, também explora outros universos.

No lançamento do álbum, Nacho e Gisela cantaram o primeiro single deste projeto, intitulado ‘Samba e amor’, exaltando todo seu sentimento pela obra de Chico Buarque, que, segundo a cantora, está ‘muito contente’ com este trabalho.

Gisela assegurou que já pensa em desenvolver esse trabalho com outros artistas brasileiros, mas, por enquanto, preferiu não adiantar seus futuros projetos.

Nesta sexta-feira, o casal realizará um show em uma grande sala de cinema de Valência, onde também será projetado o ambicioso documentário que acompanha o disco. EFE