Criador revela como seria o final de ‘Glee’ com Cory Monteith

Última cena da série seria protagonizada pelo ator, morto em julho deste ano

O criador da série Glee, Ryan Murphy, revelou qual era seu plano para o final da série antes da morte do ator Cory Monteith. A revista americana Entertainment Weekly teve acesso à homenagem escrita por Murphy para o memorial de Monteith na qual o produtor fala sobre o encerramento que tinha planejado para a série.

Cory Monteith, que interpretava Finn Hudson na série, morreu em julho deste ano de overdose de heroína e álcool.

“O final de Glee é algo que eu nunca contei a ninguém, mas que eu sempre soube como seria”, diz Murphy. Em seguida, ele revela que Finn se tornaria um professor e teria uma vida tranquila em Ohio enquanto seu par romântico Rachel Berry, personagem de Lea Michele, conseguiria se transformar em uma estrela da Broadway.

Leia também:

Overdose de Cory Monteith, astro de ‘Glee’, foi acidental

Atriz de ‘Glee’ se emociona ao falar de Cory Monteith

Nos últimos momentos da série, Rachel voltaria a Ohio e visitaria Finn no grupo musical da escola. “‘O que você está fazendo aqui?’, ele perguntaria, e ela responderia ‘Estou em casa’. Fim”, conta Murphy.

Glee está em sua quinta temporada. Em outubro deste ano, Murphy anunciou que a próxima temporada será a última da série e que o episódio final será uma homenagem a Monteith.