Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

China corta beijo gay de Michael Fassbender de ‘Alien: Covenant’

Cena removida mostra os cyborgs Walter e David, ambos interpretados pelo ator, se beijando

O governo da China censurou um beijo gay de Michael Fassbender no filme Alien: Covenant. Segundo o site da revista The Hollywood Reporter, a cena removida mostra os cyborgs Walter e David, ambos interpretados pelo ator, se beijando. O longa chegou ao país na última sexta-feira, 16.

Esta não é a primeira vez que o governo chinês censura um filme de Hollywood. O filme Brokeback Mountain (2005), por exemplo, teve seu lançamento negado na China por mostrar a relação entre dois homens. Mas não são somente longas com conteúdo homossexual que sofrem esse tipo de repressão: neste ano, catorze minutos foram cortados de Logan, último filme sobre o herói dos X-Men Wolverine; e oito minutos foram removidos de Resident Evil 6: O Capítulo Final. Nos dois casos, o problema era a violência mostrada.

Alien: Covenant, sequência de Prometheus (2012), é o primeiro filme de uma nova trilogia, que pretende apresentar a história de origem das criaturas. A produção foi dirigida e escrita por Ridley Scott, diretor do Alien original.

(Com Estadão Conteúdo)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. André Morais

    Poxa que lástima. Vamos beijar mais e julgar menos! Viva o amor e a diversidade!! ❤

    Curtir

  2. Pacífico Guerra

    A China tem pena de morte e não é permissiva com gays, e no entanto em poucos anos será o país mais rico e desenvolvido do mundo, e sem depender desses lixos humanos.

    Curtir

  3. Pacífico Guerra

    Marco Grimaldi, a China em poucos anos será o país mais rico e desenvolvido do mundo, e sem ajuda desses lixos gays.

    Curtir