Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Chicago expõe símbolos dos EUA feitos com soldados

Imagens registradas pelo fotógrafo britânico Arthur S. Mole após o fim da I Guerra Mundial foram reunidas em uma exposição pela primeira vez. Mole aproveitou a volta dos soldados para a casa em 1918 para captar diversos símbolos americanos, todos formados pelos militares. A coleção agora está na galeria Carl Hammer, em Chicago (Estados Unidos)

ReproduçãoEntre as imagens, há bandeiras, brasões, a Estátua da Liberdade e até rostos, como o do ex-presidente americano, Woodrow Wilson (à direita). “Artur conseguiu as imagens através de um esboço feito nas lentes”, conta o sobrinho-neto de Mole, Joseph, segundo reportagem do jornal The Daily Telegraph.

ReproduçãoProduzidas com o intuito de elevar a moral americana no pós-guerra, as imagens levaram uma semana para terem seus esboços concluídos. Segundo Joseph, foram recrutados milhares de homens para cada imagem, alguns bem afastados, para dar uma ideia de perspectiva.

“Na foto da Estátua da Liberdade [à esquerda], há 12.000 homens só na tocha, mas apenas 17 na base”, afirma Joseph, de 70 anos. “O homem no topo da foto está, na verdade, a meia milha (800 metros) do homem da parte inferior”. A exposição conta com dez fotografias de Mole.