Cannes: Diane Kruger pode bater Isabelle Huppert e Nicole Kidman

Atriz trabalha pela primeira vez em alemão em 'Aus dem Nichts', sobre uma mulher que perde o marido e o filho num atentado que não é o que parece

Acostumada a filmar em inglês e francês, Diane Kruger finalmente faz um papel em sua língua materna, o alemão, em Aus dem Nichts (em inglês, In the Fade), de Fatih Akin. No filme, exibido em sessão de imprensa na manhã desta sexta-feira, dentro da competição do 70º Festival de Cannes, a atriz tem a chance de realmente mostrar seu talento e com ele se torna favorita ao troféu de atuação feminina.

Akin, diretor de Contra a Parede, não é cineasta de meias palavras nem de fugir de temas incômodos. E aqui não é diferente. Katja (Diane Kruger) vê seu marido, Nuri (Numan Acar), e o filho Rocco (Rafael Santana) serem mortos num atentado a bomba. A polícia e mesmo familiares começam a colocar em dúvida a integridade da vítima, que tinha origem turca e cumpriu quatro anos de pena por tráfico de drogas. A polícia já chega achando se tratar de uma questão muçulmana, curda ou de criminalidade ligada à máfia. Mas Katja tem certeza de que não é nada disso e vai procurar Justiça.

Por ser também um alemão de origem turca, Akin consegue como poucos lidar com questões como o preconceito contra imigrantes não-brancos e a dificuldade de integração. O cineasta inspirou-se nos atentados em Hamburgo, sua terra natal, feitos em 2011 pelo NSU, um grupo neonazista alemão, contra estrangeiros. Como quase sempre em seu cinema, o filme tem pegada vigorosa, meio rock’n’roll (até por causa da música feita por Josh Homme, do Queens of the Stone Age), ainda que sua resolução deixe um pouco a desejar.

Abaixo, o trailer em alemão: