Mais um prêmio: Paulo Mendes da Rocha recebe medalha britânica

Brasileiro foi escolhido pelo Royal Institute of British Architects por seu trabalho 'revolucionário e transformador'

O arquiteto brasileiro Paulo Mendes da Rocha, de 87 anos, será homenageado com a medalha de ouro do Royal Institute of British Architects (Riba), em cerimônia de entrega marcada para 2017. É mais um grande troféu para a galeria do arquiteto, que nasceu no Espírito Santo e fez carreira em São Paulo, entre projetos como a reforma da Pinacoteca do Estado e as aulas como professor da USP. Além de receber o Leão de Ouro, neste ano, da 15ª Bienal de Arquitetura de Veneza, Paulo Mendes da Rocha acaba de ganhar o Praemium Imperiale da Associação de Artes do Japão.

LEIA TAMBÉM:
Arquiteto Paulo Mendes da Rocha é premiado com o Nobel japonês
Paulo Mendes da Rocha é o 1º brasileiro a receber o Leão de Ouro de Veneza

Vencedor, ainda, do Pritzker, o “Nobel” de Arquitetura, em 2006, o brasileiro foi escolhido pelo Royal Institute of British Architects por seu trabalho “revolucionário e transformador”. “A obra de Paulo Mendes da Rocha é altamente inusual em comparação com a maioria dos mais celebrados arquitetos mundiais”, afirmou a presidente do Riba, Jane Duncan. “Ele é um arquiteto com uma incrível reputação internacional, mas quase todas as suas obras-primas foram construídas em seu país.”

Entre seus projetos, pode-se destacar, em São Paulo, o Museu Brasileiro da Escultura (MuBE). Recentemente, em Portugal, Mendes da Rocha projetou o Museu Nacional dos Coches, inaugurado em 2015.

A premiação do Royal Institute of British Architects é anual. Em 2016, Zaha Hadid, que morreu em março, aos 65 anos, vítima de parada cardíaca, foi contemplada com a medalha de ouro. A arquiteta de origem iraquiana foi a primeira mulher a receber o principal prêmio britânico de arquitetura.

(Com Estadão Conteúdo)