Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Além de voltar via Netflix, ‘Três É Demais’ ganha filme

Três É Demais (Full House) não vai voltar à vida apenas pela Netflix, que encomendou uma nova temporada da série, originalmente produzida entre nos anos 1980 e 1990. Ela também será desdobrada em um filme para TV pelo canal americano Lifetime.

LEIA TAMBÉM:

Netflix aprova a produção de novos episódios de ‘Três é Demais’

The Unauthorized Full House Story, o filme, vai focar os bastidores da série, mostrando como ela se tornou uma das sitcoms mais vistas de todos os tempos e como seus atores — Mary-Kate e Ashley Olsen, John Stamos, Dave Coulier e Bob Saget — foram alçados à fama por ela. E, também, como foi difícil para muitos deles equilibrar uma vida pessoal tumultuada com a imagem “família” que precisavam transmitir dentro e fora da tela.

Três É Demais teve um total de 192 episódios produzidos entre 1987 e 1995. Criada por Jeff Franklin, a série original girou em torno de Danny Tanner (Bob Saget), um viúvo que, para criar suas três filhas, pede a ajuda de Joey (Dave Coulier), seu melhor amigo, e de seu cunhado, Jesse (Stamos). Os novos episódios, agrupados sob o título de Fuller House, serão escritos por Franklin e acompanharão a vida de D.J. (Candace Cameron Bure), a filha mais velha de Danny, agora adulta.

Fuller House tem previsão de estreia para 2016, nos países onde o Netflix opera. O Lifetime ainda não divulgou uma data de estreia para o longa, de acordo com o site da revista americana Variety.