Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Álbum de Madonna tem maior queda de vendas da história

O disco ‘MDNA’ alcançou o topo da lista da 'Billboard' na semana de lançamento, mas sofreu queda de 88% nas vendas, de acordo com a 'Forbes'

Madonna quebrou mais um recorde na carreira com MDNA, seu 12º disco, lançado no início deste mês. Mas, desta vez, não se trata de uma marca que a diva pop gostaria de ter no currículo. De acordo com a revista americana Forbes, o novo álbum da cantora sofreu a maior queda em vendas que um disco já registrou, na história, entre a semana de seu lançamento e a seguinte.

MDNA atingiu o topo do ranking de mais vendidos da publicação especializada Billboard em sua primeira semana, somando 359.000 cópias comercializadas nos Estados Unidos. Mas a procura caiu 88% na segunda semana, quando o álbum vendeu apenas 46.000 exemplares. O sucesso de vendas da semana de estreia, quando Madonna tomou rapidamente o lugar de Lionel Richie e de seu álbum Tuskegee, pode ter uma explicação simples: 185.000 cópias de MDNA traziam um ingresso para o show da cantora.

Madonna não lançava material inédito desde 2008. Nesse tempo, viu o mundo pop ser dominado por artistas como Lady Gaga e Adele. Com MDNA, tinha tudo para reafirmar seu reinado, e começou muito bem. Mas a arrogância da diva pode ter prejudicado a carreira do novo disco. A divulgação do álbum foi quase nula: se resumiu a uma entrevista de Madonna em sua página oficial do Facebook, a uma sessão de perguntas e respostas no Twitter e à sua performance no Superbowl deste ano, ao lado das rappers M.I.A. e Nicki Minaj.

Durante sua carreira, a cantora acumulou diversos recordes, como o de emplacar oito de seus 12 discos no topo das paradas americanas já na semana de estreia. Madonna também conseguiu colocar todos os seus 12 álbuns na primeira posição das listas britânicas, quebrando a marca de Elvis Presley, até então o artista solo com o maior número de álbuns na liderança naquele país.