Agressor de Brad Pitt pega 3 anos de liberdade condicional

O ucraniano Vitalii Sediuk também deve se manter longe de tapetes vermelhos

O jornalista ucraniano Vitalii Sediuk, que agrediu o ator Brad Pitt durante a estreia do filme Malévola na quarta-feira, foi condenado a três anos de liberdade condicional e a 20 dias de trabalho comunitário por um tribunal de Los Angeles. Na decisão proferida nesta sexta-feira, a justiça também decretou que Sediuk inicie um tratamento psicológico e se mantenha a mais de 460 metros de Pitt e de sua mulher, a atriz Angelina Jolie.

Leia também:

Brad Pitt leva soco em pré-estreia de filme nos EUA

Conheça Vitalii Sediuk, o ‘brincalhão’ que atacou Brad Pitt

O jornalista também foi proibido de se aproximar de qualquer estreia cinematográfica ou evento relacionado a celebridades e da sede da Academia de Cinema. Sediuk permanece preso, com uma fiança estipulada em 20.000 dólares, cerca de 44.000 reais.

Brad Pitt distribuía autógrafos quando o ucraniano pulou a grade de contenção e atingiu o rosto do ator. De acordo com a Justiça americana, o jornalista acertou o ator e “quebrou seus óculos”.

Sediuk já é figura conhecida por causar problemas em premiações e eventos. Durante a última edição do Festival de Cannes, na França, o jornalista tentou colocar a cabeça por baixo do vestido da atriz America Ferrera, que participava da pré-estreia da animação Como Treinar o Seu Dragão 2. Após o incidente, Sediuk foi demitido da emissora em que trabalhava, a ucraniana 1+1.

Golpe em Brad Pitt

Durante a pré-estreia de Malévola em Los Angeles, Brad Pitt foi atingido no rosto por Vitalii Sediuk. O jornalista ucraniano pulou a grade de contenção do tapete vermelho e desferiu um golpe contra o ator, que dava autógrafos. Sediuk foi preso e aguarda o pagamento de fiança no valor de 20.000 dólares. 

Invasão ao vestido de America Ferrera

Poucas semanas antes do ataque a Brad Pitt, Vitalii Sediuk tentou invadir o vestido da atriz America Ferrera na pré-estreia de Como Treinar o Seu Dragão 2, no Festival de Cannes. 

Abraço inapropriado em Leonardo DiCaprio

Sediuk invadiu o tapete vermelho e abraçou as pernas de Leonardo DiCaprio no festival de cinema de Santa Barbara, em fevereiro de 2014. Sem entender, o ator começou a dar risada e tentou escapar do abraço, mas só conseguiu se livrar do jornalista quando os seguranças do evento apareceram. 

Abraço inapropriado 2

Sediuk já tinha experiência nesse tipo de invasão. Em janeiro, ele abraçou as pernas de Bradley Cooper na entrega do prêmio do sindicato dos roteiristas americanos (Screen Actors Guild Awards). O ator consegue se desvencilhar sozinho e ainda bate um papo com o jornalista.

Prêmio no Grammy

Depois de sentar no lugar que pertencia ao cantor Adam Levine, do grupo Maroon 5, na plateia da entrega do Grammy de 2013, Sediuk invadiu o palco. Ele tomou o microfone e começou a agradecer, como se estivesse ganhando um prêmio. Logo a verdadeira dona da estatueta, Adele, subiu ao palco, e Jennifer Lopez tratou de mandar embora o intruso. 

Beijo em Will Smith

Em maio de 2012, durante a pré-estreia na Rússia de MIB³: Homens de Preto 3, Will Smith pensou estar apenas recebendo um abraço afetuoso de um desconhecido quando percebeu que, na verdade, o homem estava tentando beijá-lo na boca. Sim, este homem era Vitalii Sediuk, que levou um tapa do ator indignado. 

(Com agência France-Presse)