Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

A-ha comprova: Não se faz mais música pop como antigamente

Banda se apresentou neste domingo no Rock in Rio e deixou confusa plateia jovem que aguardava Katy Perry

Como esperado, a nostalgia reinou no show da banda norueguesa A-ha. A trupe de Morten Harket entrou no Palco Mundo debaixo de uma forte chuva que caía na Cidade do Rock e logo foi julgada pelos olhos confusos do público mais jovem, pouco animado com os tiozões, esperando pela próxima atração, Katy Perry.

Leia também:

Homenagem ao Rio triunfa com samba, choro e rap

Fãs aproveitam bebedeira de Sam Smith para conseguir fotos – e beijos

Katy Perry chama dois fãs ao palco em SP — e um não fala inglês

Quem se divertiu foram os pais dos adolescentes, que dançaram e choraram ao ouvir os hits das décadas de 1980 e 90. Entre os sucessos entoados, estavam faixas como Cry Wolf, Stay On These Roads e Take On Me. Durante a apresentação de Hunting High and Low, o tecladista, Magne Furuholmen, pediu aos fãs que ligassem as luzes do celular e foi prontamente atendido, romantismo que iluminou a noite chuvosa na Cidade do Rock.

Apesar do som baixo e a constante microfonia, que desfavoreceram muito o espetáculo, o show funcionou para sanar a saudade e deixar aquela sensação de que, em dias de Katy Perry, não se fazem mais bandas pops como antigamente.