‘A Culpa É das Estrelas’: garota com câncer morre após o marido

Katie e Dalton Prager são conhecidos nos EUA como 'o casal real' do livro de John Green, pela semelhança de sua história com a dos personagens

Katie, garota conhecida nos Estados Unidos como “a verdadeira Hazel” de A Culpa É das Estrelas, best-seller de John Green que virou filme com Shailene Woodley (Divergente) no papel principal, morreu nesta quinta-feira, apenas cinco dias depois de se despedir do marido, Dalton Prager. Ele foi vítima de câncer como ela, daí a imprensa americana associá-los ao casal retratado por Green, que na verdade se inspirou em outra menina, Esther Grace Earl, para escrever o livro. 

LEIA TAMBÉM:
Assim como o livro, ‘A Culpa É das Estrelas’ é filme para ser sentido
‘A Culpa É das Estrelas’ é banido de biblioteca escolar

A notícia da morte de Katie, que mobilizou uma campanha da rede CNN por um transplante de pulmão no ano passado e então se tornou popular, foi dada pela mãe de Katie, Debra Donovan, no Facebook, em um texto emocionante. “9.524 dias atrás, eu tive a felicidade de conhecer uma pessoa que iria não apenas mudar a minha vida, mas inspirar a todos ao seu redor”, ela inicia o post, antes de dizer que Katie escolheu morrer em casa. “Mais cedo, ela teve atendido o desejo de estar em casa. Estava em sua cama, perto da mãe, pai, irmão e seus cachorros, morrendo em paz, longe dos tubos do hospital”, publicou.

Katie morreu depois de sofrer de fibrose cística e por complicações decorrentes do transplante. Dalton também teve fibrose cística e acabou desenvolvendo um câncer no sistema linfático. Ele superou a doença, mas acabou hospitalizado novamente por causa de uma pneumonia e de uma infecção. Ele morreu no último sábado. “Sei que Dalton a estava esperando de braços abertos”, escreveu a mãe de Katie.

Na história de John Green, uma menina e um menino com câncer, Hazel Grace e Augustus Waters, se conhecem em um grupo de apoio e se apaixonam, mas não chegam se casar. Katie e Dalton se conheceram em 2009 pelo Facebook, aos 18 anos, e se casaram dois anos depois, mesmo contra a recomendação dos médicos.

 

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Maira Brigneti-Lopes

    O casal sofria de fibrose cística, essa sim foi a causa da morte de ambos.

    Curtir