Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Os cinco maiores erros dos currículos

Especialistas contam como evitar os principais deslizes cometidos na hora de elaborar o documento

Salvo raras exceções, o currículo é o primeiro contato entre o profissional e a empresa em um processo seletivo e, em se tratando de erros, vale o ditado popular: a primeira impressão é a que fica. Especialistas na área de recrutamento garantem que um único deslize cometido na elaboração do documento pode derrubar um candidato antes mesmo da entrevista.

A apresentação visual é um dos escorregões a ser evitados. “Visual limpo e organizado, sem o uso de abreviações, é a melhor maneira de formatação”, diz Larissa Meiglin, consultora de carreiras da Catho, site de empregos. “Evite também o uso de cores e diferentes tipos e tamanhos de fonte”, completa.

Leia também:

Dicas para não errar no currículo

Confira sete currículos criativos e inusitados

É preciso redobrar a atenção também com o texto de introdução, inevitável quando o documento é enviado por e-mail. “Este é o momento em que o candidato deve ser sucinto ao explicar seu interesse na vaga. Jamais envie um currículo sem um texto de apresentação no corpo do e-mail”, diz Larissa.

Além disso, muitos profissionais erram na hora de apresentar suas habilidades e competências. “Procure não exagerar nem esconder suas qualidades ou omitir suas habilidades. E não inclua informações mentirosas no currículo”, diz Érica Isomura, especialista em recursos humanos na VAGAS.com.

VEJA.com ouviu especialistas sobre os principais erros cometidos durante a elaboração do currículo e como os candidatos podem evitá-los: