Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Proteste notifica WhatsApp por fim de serviço

Associação de defesa do consumidor alega que a interrupção no serviço de aparelhos mais antigos fere o direito dos consumidores.

A associação de defesa do consumidor Proteste notificou nesta terça-feira o Facebook por causa da suspensão do WhatsApp em alguns aparelhos a partir do dia 30 de junho. A rede social é dona do aplicativo de mensagens. A Proteste alega que a interrupção no serviço de aparelhos mais antigos fere o direito dos consumidores. A associação espera que a empresa reverta a decisão.

O WhatsApp anunciou no começo do ano passado que iria encerrar o suporte a celulares mais antigos a partir de 2017. Para o fim deste mês, está previsto o fim do serviço para aparelhos com os sistemas operacionais BlackBerry OS, BlackBerry 10, e Nokia Symbian S60. Está em estudo também o desligamento da versão do aplicativo para Nokia S40, mas não há previsão de como isso se dará.

A empresa considerou a decisão “difícil”, mas alegou que esses sistemas, por serem antigos, têm limitações para o desenvolvimento de novas tecnologias de segurança. O WhatsApp diz que esses sistemas, que eram maioria quando o aplicativo foi lançado em 2009, representam um número muito pequeno de aparelhos em uso atualmente. E recomenda que seus usuários busquem versões mais modernas para usar o serviço.

Segundo a Proteste, a medida é irregular, pois os aparelhos ainda são suportados pelas operadoras no país.  “Mesmo que seja uma parte ínfima do total, não se pode forçar o consumidor a consumir um novo aparelho, o que entendemos ser um desrespeito ao Código de Defesa do Consumidor  e ao consumidor”, diz em nota o diretor de relações institucionais da associação, Henrique Lian.

Procurado por VEJA, o WhatsApp disse que não comentaria o caso.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Social Democrata Nem Direita Nem Esquerda

    Concordo com a Proteste. É tudo uma jogada com os fabricantes para empurrar aparelhos novos. Igual a Apple que não dará mais suporte ao iphone 5. Absurdo! Vivemos no Brasil e não nos EUA.

    Curtir

  2. Ex-microempresário

    Mas o whatsapp não é de graça ? Agora “consumidor” ganha algo de graça e ainda reclama ?

    Curtir

  3. Nelson Marchetto

    Pois é… Não é preciso ter um iPhone 8 com super memória, é só manter funcionando o aplicativo antigo sem as atualizações, mas funcional. O o meu foi contratado e pago no lançamento e agora meu iPhone 3S está operando, com linha, com o ícone, mas bloqueado porque não atualiza!!!

    Curtir

  4. Nelson Marchetto

    Acho até que poderia ser incluído no abuso de poder econômico, obrigar o usuário a trocar o aparelho que ainda é funcional. Não instalar o novo OK, mas bloquear o antigo deveria ser considerado abuso!!!

    Curtir

  5. Oswaldo Bonfanti

    A Proteste é uma porcaria, da qual já registrei reclamação anos atrás. Diz defender o consumidor e não tem o menor respeito por ele.
    Puro marketing e interesse financeiro e sempre com uma “oferta” enganosa para que se filiem a eles!!

    Curtir

  6. Silvio Villar Dias

    Consumidor de algo gratuito?

    Curtir