Fundador da escola de idiomas Wizard compra 35% da Wise Up

A rede Wise Up pertence ao empresário Flávio Augusto da Silva. O negócio deve girar em torno de R$ 200 milhões

O empresário Carlos Wizard Martins, fundador da escola de idiomas Wizard, adquiriu uma parcela de 35% da rede Wise Up, por cerca de US$ 200 milhões.

A rede Wise Up pertence ao empresário Flávio Augusto da Silva. De acordo com Wizard, as conversas para adquirir uma parcela da rede, que era sua concorrente, vêm desde 2008.

No evento Power House, onde aconteceu o anúncio do negócio, nesta segunda-feira, Wizard afirmou que a meta é fazer com que a Wise Up cresça no país. “O que nós fizemos em 25 anos,a frente da outra bandeira, que eu não vou citar o nome, faremos em três anos na Wise Up”, disse Wizard.

Já Flávio Augusto da Silva, fundador da Wise Up, afirmou que, com Wizard, o objetivo agora é procurar por possíveis aquisições por aqui.

“É parte do nosso projeto fazer várias aquisições. A Wise Up está pronta para  chegar as mil unidades”, afirmou. A Wizard, atualmente, possui cerca de três vezes mais unidades no país.

A compra de um percentual da Wise Up por Wizard marca a volta do empresário ao mercado de idiomas. Ele vendeu o grupo Multi -que agregava as escolas Wizard, Yázigi, entre outras- para a companhia britânica Pearson, por quase R$ 2 bilhões.

Carlos Wizard vinha se dedicando a outros setores, como o de alimentação, por exemplo. Ele trouxe a rede Taco Bell ao Brasil, além de também ser proprietário das lojas Mundo Verde.