Veja fotos da última superlua do ano

O fenômeno, que faz com que a Lua pareça maior e mais brilhante, foi visto durante a noite desta segunda-feira

A terceira e última superlua do ano iluminou o céu nesta segunda-feira. O fenômeno, que faz com que a Lua pareça maior e mais brilhante, foi visto durante a noite e a madrugada, em todo o país. A superlua acontece quando a Lua cheia coincide com o perigeu lunar, período em que, em virtude de sua órbita irregular, o satélite está no ponto mais próximo da Terra. Em sua penúltima ocorrência, em 10 de agosto, a superlua foi considerada especial porque a diferença de tempo entre os dois ápices (o de menor distância em relação à Terra e o máximo da fase cheia) foi de menos de 30 minutos. Nesta segunda-feira, esse intervalo foi de cerca de 22 horas: a aproximação máxima entre a Lua e a Terra ocorreu à 00h30 e o instante da Lua cheia, às 22h38. De acordo com Alexandre Amorim, coordenador de observações do Núcleo de Estudos e Observação Astronômica José Brazilício de Souza, vinculado ao Instituto Federal de Santa Catarina, o fenômeno acontece quando o intervalo entre esses dois ápices é de até 24 horas.

Leia também:

Lua e Terra podem ser mais antigas do que se pensava

Como seria o céu se os planetas estivessem tão perto da Terra quanto a Lua?