Site de astrônomo viajante traz panorâmica interativa da Via Láctea

Com 37.440 imagens tiradas a partir dos Estados Unidos e da África do Sul, Nick Risinger produziu uma visão espetacular do céu

O astrônomo amador Nick Risinger pediu demissão do cargo de diretor de marketing na empresa em que trabalhava, em Seattle, nos Estados Unidos, para realizar um antigo sonho. Com seis câmeras de astrofotografia sincronizadas, Risinger viajou mais de 90.000 quilômetros nos EUA e na África do Sul durante um ano para produzir uma foto panorâmica da Via-Láctea.

Risinger posicionou as câmeras em localidades de grande altitude no oeste dos EUA e na África do Sul, tirando fotos sempre em noites de Lua nova com o céu limpo. Ele programou as seis câmeras para seguir as estrelas na medida em que se moviam no céu. Foram milhares de fotos tiradas simultaneamente. Depois, ele uniu 37.440 imagens em uma panorâmica espetacular. O resultado final pode ser conferido em um site feito especialmente para o projeto.

Mapa – Para executar o sonho, Risinger fez um mapa com as imagens que precisaria tirar no hemisfério norte e sul. Ele dividiu o céu em 624 seções uniforme e colocou as coordenadas em um computador. Depois de perceber que o trabalho seria colossal, pediu demissão e convenceu o pai aposentado a acompanhá-lo na jornada.

A imagem final revela uma visão 360 graus da Via Láctea, com planetas e estrelas em suas cores originais. É possível aproximar e enxergar mais de perto alguns objetos espaciais, como a grande estrela Orion ou a Grande Nuvem de Magalhães.

O autor da imagem explica que o produto final não serve para fins científicos. A imagem poderá ser apreciada e utilizada para aguçar a curiosidade de pessoas pela astronomia.