Fenda na Antártida deve formar iceberg gigante

Quando o bloco finalmente se separar, formará um iceberg de mais de 880 km2

Cientista da Nasa destacou que o processo não é consequência do aquecimento global

Uma enorme fenda que está se formando na plataforma de gelo da Antártida deverá nos próximos meses dar origem a um iceberg do tamanho da área da cidade de Nova York, informaram cientistas da Nasa.

A fenda na geleira de Pine Island, no oeste do continente gelado, já tem 30 km de comprimento e uma profundidade de 50 metros. “A brecha aumenta a um ritmo de 2 metros por dia”, disse Michael Studinger, cientista da Nasa.

“O bloco formará um iceberg de mais de 880 km2 quando finalmente se separar da geleira”, disse Studinger, que faz parte do projeto IceBridge, da agência espacial americana.

Studinger destacou que o processo não é consequência do aquecimento global. “Estes são eventos cíclicos que ocorrem a cada período de alguns anos. A última grande ruptura aconteceu em 2001 e estamos esperando outra para muito breve”, explicou Studinger.

“Esperamos que no final deste ano ou início do próximo se forme um imenso iceberg como parte de um ciclo natural. Para nós, será muito emocionante ver como isto ocorre”.

A fenda foi localizada no final de setembro por cientistas que monitoravam mudanças na geleira a partir de um avião.

(Com Agência France-Presse)