Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Secretário vê êxito de Rio+20 em conscientização social

Por Daniela Amorim

Rio – Mais do que levar a acordos específicos, a Rio+20 tinha o papel de promover a conscientização da sociedade. A avaliação é do secretário de Assuntos Internacionais do Ministério da Fazenda, Carlos Márcio Cozendey, que ajudou a coordenar a participação da Pasta na Conferência das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável, no Rio de Janeiro.

“Nós pensamos, vamos fazer dessa conferência um grande festival, onde queremos não só os governos trocando opiniões, mas também trazer todo tipo de organização da sociedade civil, com a noção de que essa conferência, mais do que acordos específicos, tinha que ter uma tomada de consciência nos mais variados níveis da sociedade”, afirmou Cozendey.

Na avaliação do secretário, a conferência cumpriu o objetivo de alertar a sociedade para o caminho do desenvolvimento sustentável. “Depois da mobilização que teve na esplanada dos ministérios, em Brasília, mesmo os setores menos atentos a essa temática, a partir daqui, vão ter que contar com esse novo campo de preocupação.”

O secretário participou nesta sexta-feira da apresentação do documento Visão Brasil 2050, do Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS), que propõe uma nova agenda de negócios para o País.