Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Protesto em Israel contra leis ‘antidemocráticas’ do governo

Cerca de 2.000 manifestantes de esquerda protestaram nesta terça-feira à noite em Tel Aviv para denunciar “a onda de leis antidemocráticas” do governo de direita de Benjamin Netanyahu, constatou a AFP.

A polícia indicou a participação de centenas de manifestantes, e o movimento anticolonização Paz Agora, um dos organizadores do protesto, contabilizou 5.000 pessoas.

Alguns dos participantes usavam uma mordaça como forma de protesto.

Os oradores denunciaram a “onda de macarthismo” e os “ataques contra as bases da democracia israelense”.

A coalizão no poder em Israel, formada por partidos de direita e de extrema direita, lançou uma ofensiva legislativa contra veículos da imprensa considerados muito críticos às autoridades, contra a Suprema Corte, acusada de ser um reduto da oposição, e contra as ONGs de orientação esquerdista.

Na segunda-feira à noite, a Knesset (parlamento) aprovou em primeira leitura um projeto de lei que agrava de forma draconiana as sanções contra os autores de textos considerados “difamatórios”.