Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Preso caseiro suspeito de matar idosa no Rio

Policiais militares encontraram o suspeito na Lagoa. Ênio Tomaz da Rocha foi levado para a Divisão de Homicídios da capital, onde será ouvido por investigadores

Apontado pela polícia como principal suspeito da morte de Alpha Dias Kieling, de 76 anos, encontrada parcialmente enterrada no quintal da própria casa em São Conrado, no último domingo, o caseiro Ênio Tomaz da Rocha, de 47 anos, foi preso por policiais militares na manhã desta quinta-feira. Homens do 23º Batalhão (Leblon) encontraram Ênio na orla da Lagoa Rodrigo de Freitas.

Ênio passou a ser considerado suspeito depois que policiais civis souberam que ele havia dado informação sobre uma suposta viagem de Alpha a Teresópolis. Procurado na favela da Rocinha, onde mora, ele não foi encontrado. No momento da abordagem, ele teria tentado fugir, mas logo foi capturado.

O caseiro foi levado para a Divisão de Homicídios (DH) da capital, que investiga o caso.

Alpha foi procurada durante nove dias pela família, até que, no último domingo, um policial suspeitou de uma área com terra fofa em um terreno junto à casa, no bairro de São Conrado. Houve pequenos furtos na residência, mas a polícia não acredita na hipótese de latrocínio (roubo seguido de morte).

LEIA TAMBÉM:

Mãe de empresário é encontrada enterrada em casa

Polícia usa câmeras de segurança para buscar pistas de assassino de mulher em São Conrado