Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Presidente da OAB não crê no desmembramento do mensalão

Por Eduardo Bresciani

Brasília – O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Ophir Cavalcante, afirmou nesta quinta-feira que o pedido de desmembramento do processo que será feito pelo ex-ministro Márcio Thomaz Bastos, advogado de José Roberto Salgado, deverá ser negado pelo Supremo Tribunal Federal. Ele destacou que o tema já foi decidido pela Corte neste e em outros processos.

“A questão do desmembramento é antiga. O foro privilegiado atrai para cá (Supremo) as demais pessoas envolvidas. Não me parece que haverá muita discussão sobre isso”, afirmou Cavalcante ao chegar ao STF para o julgamento.

O presidente da entidade destacou que o julgamento em si já é um fato que reforça a credibilidade do Supremo e que qualquer resultado final tem de ser respeitado. “Está em jogo a autonomia do Supremo Tribunal Federal e devemos respeitar a decisão que for tomada. Podemos concordar ou não, mas temos de respeitar e fortalecer essa instituição.”