PM prende libanês ligado ao Hezbollah em SP

Ministério da Justiça havia determinado a sua expulsão do país em maio; ele era procurado por tráfico internacional de drogas

Um libanês que teria ligações com o grupo extremista Hezbollah foi preso na noite desta quinta-feira pela Polícia Militar de São Paulo em Caieiras, na Grande São Paulo. Fadi Hassan Nabha, de 42 anos, era procurado desde 2013 pela Interpol por tráfico internacional de drogas. Em maio, o Ministério da Justiça emitiu um mandado de expulsão de Nabha do país por uso de documentos falsos. As informações são da Polícia Militar.

Dada a sua ligação com o grupo islâmico xiita, a PM encaminhou o libanês para a sede da Polícia Federal, em São Paulo.  Ele teria morado durante dois anos no Líbano. “Eu conversei com ele diretamente, ele falou para mim que tinha um conhecimento, que ficou dois anos servindo as forças especiais do Hezbollah no Líbano. Ele teve um vasto conhecimento de armamento e de material explosivo”, afirmou o sargento da PM Geraldo Castro em reportagem do Bom Dia São Paulo, da TV Globo, exibida nesta sexta-feira.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Já não basta a nossa bandidagem, ainda temos que aguentar o crime alienígena

    Curtir

  2. Criminosos, Ditadores, Narco Traficantes e Comunistas BOLIVARIANOS da FAMIGERADA QUADRILHA CHAMADA Fôro de São Paulo ABRIGARAM e ATRAÍRAM para a América do Sul mais LIXO RADICAL.

    Curtir