Odebrecht pagou propina até para índios, diz delator

Segundo o ex-executivo da área de energia da empresa, Henrique Serrano Valladares, lideranças indígenas receberam depósitos em conta corrente

Para proteger os interesses da Odebrecht, os dirigentes pagavam propina não só para políticos e funcionários públicos.  O ex-executivo da área de energia da empresa, Henrique Serrano Valladares, contou em delação que distribuía dinheiro até para índios. Segundo ele, sob o codinome “Tribo”, lideranças indígenas receberam depósitos em conta corrente em pagamentos vinculados ao Projeto Madeira, um projeto de drenagem de sedimentos do fundo do Rio Madeira, no Amazonas.

“Tribo. Esse cara se tornou até meu amigo, tenho até um cocar lá em casa. O chefe da tribo lá é o Antenor Karitário”, relatou. “Pagava para ele 5.000 reais por mês, depositado na conta da esposa. E mais 2.000 reais para o Orlando que deve ser outro cacique lá da tribo”, explicou Henrique Serrano.

“E mais 2.000 para a Associação dos Povos Karetarianos. E mais 1.500 reais para pequenas associações dos mesmos. Isso aqui é para eles distribuírem entre os índios”, continuou.

A planilha de pagamentos entregue por Valadares à Lava Jato aponta uma série de pagamentos ao codinome “Tribo”. Os primeiros valores teriam sido entregues em janeiro de 2011. Os últimos pagamentos registrados, de acordo com a planilha, são de março de 2012.

Segundo Valadares, as fraudes dos serviços do Projeto Madeira  serviram de atalho para arrecadar milhões de euros e injetar recursos no departamento da propina da Odebrecht, que passava dificuldades por conta de tanto saque. Segundo o ex-executivo, Marcelo Odebrecht havia dado a ordem para que cada gestor das grandes obras lideradas pela companhia dessem um jeito de arrecadar recursos para as contas de caixa 2, tudo da forma mais discreta possível.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Como assim ‘até’ para índios? Soa como racismo.

    Curtir

  2. Ataíde Jorge de Oliveira

    CLAR@
    Tb’, As MARÏpo$a$ do CaïS Do Porto_D’ARATU
    FoRaM $emprE Muito_BeM RecomPEN$ADA$
    PARA : BEM_ÇERViR Ü$_CüPAñERü$.pT.PqP.PT

    Curtir

  3. Tio Do lanche

    Esses índios são índios só no papel, tudo de Caminhonete, falando português, usando roupa de marca…

    Curtir

  4. Luciano Amaral

    Realmente é um trem pagador, quer pagar pagar e pagar, então q pague a construção de hospitais, de escolas e de tudo o mais q seja para melhorar as condições de vida de um povo q é esfolado até a alma no pagamento de impostos. Já q gosta de pagar então q pague.

    Curtir

  5. Toni Videira

    Ficamos a um Marinheiro e um Cowboy de distância de dizer que o Village People está envolvido na Lava Jato….

    Curtir

  6. Esses “índios” desde sempre estão incluído em tramoia.

    Curtir

  7. E quando atrasa o arrego, eles se fantasiam, pintam a cara de pau e fazem seu showzinho.

    Curtir

  8. Antonio Valdetaro

    São Paulo, 15/04/2017

    A Odebrecht NÃO pagou NINGUÉM, ou “O dinheiro sempre foi nosso”.

    Agora que muitos começam a tomar conhecimento do que acontece a 30 anos no Brasil, surge uma questão que carece de atenção, ainda mais porque a grande mídia insiste de forma sistemática que a Odebrecht PAGOU.

    Não pagou, e posso provar baseado no seguinte argumento, “Siga o Dinheiro”, mas primeiro um liga ponto ok?

    Pergunto: Qual a forma mais usada no Brasil durante estes 30 anos, para se lucrar de forma ilícita e ilegal?
    Quem respondeu “ Super Faturamento”, acertou em cheio.

    Então pela lógica, a Odebrecht, se tornou o braço administrativo da corrupção.

    O negócio era do GOVERNO, creio que seria mais adequado dizer “DOS GOVERNOS”, pois como Emílio Odebrecht mesmo disse, “Isto acontece a 30 anos”.

    Então, uma vez promovida a empreitada, a Odebrecht super faturava a obra, tirava o seu poupudo quinhão, e repassava uma parte para os nossos queridos governantes, de todas as esperas e muito provavelmente de todos os poderes.

    Isto é realmente uma “MARAVILHA”.

    Agora pergunto aos meus queridos enganados, digo “TODOS os BRASILEIROS”.

    De onde vem o dinheiro do GOVERNO?

    Isto mesmo meus queridos, de todos nós, os pagadores de impostos.

    Para que fique claro, termino este pequeno liga ponto com uma síntese que uso para diagnosticar o que estamos vivendo.

    “Estamos vivendo este estado de coisas, porque, “ Políticos acreditam que podem quebrar todas as regras e LEIS, em nome do seu projeto político e ou pessoal”.

    Antonio Pierre

    Curtir

  9. Jose Oliveira Martins

    As investigações deveriam atingir as prefeituras visto serem ELAS as responsáveis pelos cadastros do programa. São as prefeituras que colocam no cadastro aqueles que a eles GESTORES, VEREADORES E CHEFES POLÍTICOS indicam. Muitos são realmente necessitados de ajuda. Todavia uma grande parcela de beneficiários não o são. Aliás, a maioria do POVO ZÉ RUELA é desonesta. Infelizmente.

    Curtir

  10. Jose Oliveira Martins

    Feliks, aceite um conselho e vá estudar para saber distinguir RACISMO e LIBERDADE DE EXPRESSÃO. Simples assim.

    Curtir