Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

O golpe (quase) perfeito

Polícia Federal prende os irmãos Batista, acusa um procurador de corrupção e diz que a JBS faturou 100 milhões de reais com sua delação premiada

Na noite de sexta-feira 8, o ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), tomou a decisão que o empresário e delator Joesley Batista mais temia: determinou a prisão temporária do executivo por haver indícios de que ele omitiu crimes em seu acordo de colaboração e de que utilizou a ajuda do ex-procurador Marcello Miller para decidir o que seria revelado às autoridades. Horas depois da ordem de prisão, o procurador-geral Rodrigo Janot se reuniu secretamente com o advogado da JBS Pierpaolo Bottini em uma distribuidora de bebidas em Brasília. O encontro de Janot e Bottini foi justificado pelo advogado como um “encontro fortuito”, apesar de os dois estarem em uma mesa escondida atrás da câmara fria, na parte dos fundos da distribuidora, reservado ao depósito, em meio a várias caixas de cerveja e bujões de gás.

Fora da agenda: Janot e o “encontro fortuito” com o advogado da JBS num bar de Brasília: a mesa, antes escondida entre caixas de cerveja, desapareceu (O Antagonista/Reprodução)

(Cristiano Mariz/VEJA)

O que nem Janot nem Bottini admitiram acabou descoberto por VEJA: momentos antes, o procurador-geral havia pedido aos funcionários que providenciassem a mesa no local mais escondido do estabelecimento para uma conversa sem testemunhas. Joesley Batista ainda não sabia, mas investigações da Polícia Federal haviam descoberto o que ele e seu irmão Wesley tentavam esconder a todo custo.

Leia esta reportagem na íntegra assinando o site de VEJA ou compre a edição desta semana para iOS e Android.
Aproveite também: todas as edições de VEJA Digital por 1 mês grátis no Go Read.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Essa Foto Mostra Um Pouco, Do Que Muitas Máquinas
    De Contar Cédulas, Revelariam Da Fatídica Liberdade,
    Que Os Irmãos Metralha Joe$$$$$$$$ley Desfrutavam…

    Curtir

  2. A Credibilidade E Conduta Posta Em Xeque !

    Curtir

  3. Traidores Da Pátria……. Todo O Dinheiro Do Mundo,
    Serão Insuficientes Para Tratar Dos Castigos De Deus

    Curtir

  4. Seus Bastardos Inglórios…

    Curtir

  5. Não Aprenderam, Que Todo Dinheiro Sujo
    É Acompanhado De Desgraça E Maldição …

    Curtir

  6. José Antonio Debon

    O golpe quase perfeito foi tramado pelo Janot + o Fachin e a rede Globo para derrubar o Temer os Batistas foram convidados a participar mediante uma delação parcial,para atingir somente o PMDB e que foi dirigida pelo braço direito do Janot

    Curtir

  7. Aquela franjinha do Janot nunca me enganou.
    Acho que todo este imbróglio é só chilique de ciúme.

    Curtir

  8. Antônio de Oliveira Marques

    Instituições funcionando?
    Instituições em putrefação.

    Curtir