Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Nível do Sistema Cantareira cai para 16,2%, diz Sabesp

Queda se deu por falta de chuva no sistema de segunda para terça-feira

A Sabesp registrou nova queda no nível dos reservatórios do Sistema Cantareira, para 16,2%, nesta terça-feira. Um dia antes, o índice era de 16,4%. O sistema abastece quase 10 milhões de habitantes da capital paulista e da Grande São Paulo e o volume de água armazenada tem caído diariamente e registrado sucessivos recordes negativos.

Leia também:

Água do sistema Cantareira pode acabar em agosto

Conforme a Sabesp, a queda é devido à ausência de chuvas no sistema de segunda para terça-feira. O índice pluviométrico acumulado em março é de 39,3 milímetros até o momento. Para o mês, a média história de chuvas é de 184,1 milímetros.

As chuvas do fim de semana haviam ajudado a elevar em 0,2 ponto porcentual o nível de água armazenado, que atingiu 16,6% de sua capacidade no último sábado. Apesar da pequena elevação, este foi o primeiro aumento do índice dos reservatórios desde dezembro do ano passado. De acordo com dados da Sabesp, choveu somente 73 milímetros em fevereiro, contra uma média histórica de 202,6 milímetros de chuva do mês.

Já no sistema Alto Tietê, que abastece a Zona Leste e alguns municípios da Grande São Paulo, o nível de armazenamento passou de 38,6% para 38,4%. A pluviometria acumula no mês um total de 28,4 milímetros, enquanto a média histórica de chuvas para o mês nesse sistema é de 175,4 milímetros.

(Com Estadão Conteúdo)