Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Município do Rio vive epidemia de dengue

Por Fábio Grellet

Rio de Janeiro – O município do Rio vive uma epidemia de dengue, segundo a Secretaria Municipal de Saúde e Defesa Civil. A epidemia se caracteriza quando são registrados mais de 300 casos por 100 mil habitantes e a tendência é crescente.

No mês de março foram notificados 376,5 casos por 100 mil habitantes. De 1º de janeiro a 21 de abril houve 50.016 casos da doença e 12 mortes no município. No mesmo período do ano passado ocorreram 31 óbitos na cidade. Em 2002 e 2008, anos das últimas epidemias, houve 62 e 136 óbitos, respectivamente, nesse mesmo período no Rio.

Os bairros com maior incidência da doença são Grande Bangu (13.292 casos), Grande Madureira (11.140) e Campo Grande (8.224). Essas três regiões já haviam superado os 300 casos por 100 mil habitantes no balanço anterior. Em março, a região de Bangu registrou 846,6 casos por 100 mil habitantes, Campo Grande chegou a 686,9 casos e Madureira teve 543,5 casos por 100 mil habitantes.

Em todo o Estado do Rio foram registrados 64.423 casos de dengue neste ano, até as 12 horas desta terça-feira. No mesmo período de 2011 haviam sido notificados 96.253 casos de dengue no Estado. Ao todo houve 13 mortes em 2012: 12 no Rio e 1 em Niterói, na Região Metropolitana. No município do Rio foram realizadas 2.125.322 inspeções neste ano. Durante essas visitas foram eliminados 26,9 bilhões de criadouros do mosquito.