Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Movimentos fazem ato pró-Lava Jato na Paulista

Grupos que pediram o impeachment voltam às ruas neste domingo (26/03) para defender a Lava Jato e protestar contra o foro privilegiado e o voto em lista

Os mesmos movimentos que pediram o impeachment de Dilma Rousseff em 2015 e 2016 voltaram às ruas neste domingo (26/03) em ato a favor da Operação Lava Jato, pelo fim do foro privilegiado e contra o voto em lista fechada. Bem diferente dos protestos Fora Dilma, a manifestação, agendada desde fevereiro, conseguiu ocupar apenas dois quarteirões da Av. Paulista.

Seis movimentos diferentes, entre eles o Vem pra Rua, o Brasil Livre (MBL), o Nas Ruas e os que pedem Intervenção Militar, cada um com um trio elétrico, se espalharam em blocos pequenos pela via, deixando espaços vazios entre eles. A maior concentração aconteceu na frente do Museu de Arte de São Paulo (Masp), onde ficou posicionado o carro do Vem pra Rua. O grupo trouxe o maior trio para o ato, com banda de música e convidados do meio artístico e jurídico, como a atriz Regina Duarte e o jurista Miguel Reale Júnior.

Dos carros de som, as lideranças dos movimentos minimizavam a baixa adesão, dizendo que foram determinantes para apear a ex-presidente Dilma do cargo  no ano passado. “Não se preocupe se a Paulista está vazia. O importante é que estamos aqui. Fomos nós que derrubamos a Dilma e criamos o Pixuleco”, disse uma porta-voz do movimento Acorda Brasil, fazendo menção ao boneco de Lula vestido como presidiário.

Temas áridos

Longe dos microfones, porém, os coordenadores dos grupos reconheciam que o ato era menor do que o esperado por tratar de temas áridos para a maioria da população e por não ter como alvo um inimigo comum, como foi nos protestos anteriores. “Se o Temer tivesse feito alguma coisa mais forte para pedirmos a cabeça dele. Ou o Lula, para pedir a prisão. O governo federal até tirou o pé nas ações contra a Lava Jato para não insuflar [a manifestação]. Não tem um inimigo comum nem um grito de guerra. E esses assuntos são chatos”, disse o representante de um movimento.

Além das três reivindicações principais, os grupos também pleiteiavam pautas específicas. O MBL, por exemplo, defendia propostas alternativas de reformas da previdência e trabalhista. “Quem acha que a CLT é um lixo aqui, levanta a mão”, gritou Arthur Moledo, do MBL, sendo correspondido pelo público. O Nas Ruas pediam o fim do Estatuto do Desarmamento com o mote “Armas pela Vida”

Sem políticos

Apesar de terem como alvo principal o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a quem representaram com fisionomia de vampiro, os manifestantes vestidos de verde e amarelo entoaram gritos contra os políticos em geral. Os mais citados foram os senadores Renan Calheiros (PMDB-AL) e Eunício Oliveira (PMDB-CE), ex e atual presidente do Senado. “Quem estava na rua para derrubar a Dilma agora voltou para tirar todos os políticos corruptos”, afirmou Kim Kataguiri, coordenador do MBL. “Se a Lava Jato não tirar, nós vamos tirar todos eles do poder”, exclamou Rogério Chequer, líder do Vem pra Rua.

Em atos anteriores, políticos que eram da oposição a Dilma e agora fazem parte da base de Temer chegaram a discursar em carros de som e foram bastante assediados pelos manifestantes. Neste domingo, eles eram figuras raras. Os únicos que vieram foi o deputado Major Olimpio (SD-SP). que pediu “cadeia para todo mundo” em cima do trio; e o senador Ronaldo Caiado (DEM-GO), que foi aclamado como candidato a presidente em 2018 e distribuiu selfies para o público.

Assim como nos últimos atos, os grandes ídolos foram o juiz Sergio Moro e o procurador Deltan Dallagnol, que foram representados em máscaras e cartazes. “A Justiça tem nome: Moro” e “Somos todos Moro” diziam deles. Com um forte esquema de segurança, o boneco do Lula presidiário, o Pixuleco, que já foi furado em diversas ocasiões, foi inflado e uma longa faixa pedindo o fim do foro privilegiado percorreu a Avenida.

 

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Osmar Serrragem

    Admitam, estagiárias…Vocem queriam um I phone novo, com capinha da Minie, comprada na Disney…

    Curtir

  2. Diego Segvida

    Devemos gritar fora todos. Temer tá junto do lixo

    Curtir

  3. Osmar Serrragem

    E um lindo cabelinho louro alisado….Parar de andar que nem umas m@luc@s desc@bel@das por ai…Confessem, estagiarias….Um dia voces chegam lá…

    Curtir

  4. Adilson Silva

    Parabéns aos manifestantes. No próximo vamos todos às ruas mostrar que quem manda nesse Brasil somos nós!

    Curtir

  5. Jose Jaime Zaccarelli Sagueiro

    A Paulista estava Nota 10 . Parabéns Organização. Só não pode ter Lista Fechada ano que vem . Vamos Estirpar a Velharada

    Curtir

  6. Jose Jaime Zaccarelli Sagueiro

    A Paulista estava Nota 10 . Parabéns Organização. Só não pode ter Lista Fechada ano que vem . Vamos Estirpar a Velharada . Brasil

    Curtir

  7. RA ROSPENDOWISKI

    NO JOGO DA PORTUGUESA TINHA MAIS GENTE DO QUE NA PAULISTA.VENDO AS PERSONALIDADES QUE PARTICIPARAM,PENSEI QUE FOSSE APRESENTAÇÃO DA PRÓXIMA A FAZENDA DA RECORD:FROTA,JOICE,VILLA,ROGÉRIO CHEQUER, REALE JR,CAIADO,JANAÍNA PASCHOAL.SÓ FALTOU A MOÇA QUE MOSTROU ALGO A MAIS NA REDE TV.FOI UM FIASCO.

    Curtir

  8. QUE FIASCO KKKKK!!!! MEIA DÚZIA DE GATOS PINGADOS. MAS TB BEM FEITO, QUEM MANDOU SER FAVORÁVEL ÀS MALDITAS REFORMAS DO TEMER???? O POVO NÃO É MASOQUISTA!!!!

    Curtir