Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Mancha de óleo em Campos diminui a 2 km2, diz ANP

Por Clarissa Thomé

Rio – A Agência Nacional do Petróleo (ANP) informou hoje que a mancha de óleo na Bacia de Campos tem cerca de 2 quilômetros quadrados de área. Nos primeiros dias após o vazamento no poço operado pela Chevron Brasil, a mancha observada tinha 163 quilômetros quadrados e havia diminuído para 12 quilômetros quadrados no último dia 18. A redução da mancha de óleo foi observada em sobrevoo realizado ontem.

Em nota, a ANP confirmou a emissão de dois autos de infração contra a Chevron. O primeiro, às 13 horas, por não cumprimento do Plano de Abandono do Poço apresentado pela própria empresa à agencia. O segundo, às 16 horas, pela adulteração de informações sobre o monitoramento do fundo do mar. Os valores das multas serão definidos ao final do processo administrativo. O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) também multou ontem a empresa em R$ 50 milhões, com base na Lei do Óleo (Lei nº 9.966/2000), em virtude do vazamento ocorrido.

Os trabalhos de cimentação definitiva do poço estão em andamento, sob supervisão de técnicos da ANP que se encontram na plataforma.