Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Leandro Karnal: “Fui até ameaçado”

O historiador relata como vivenciou a fúria das redes sociais, tema comum de suas palestras, depois de compartilhar na internet seu jantar com Sergio Moro

Leandro Karnal, com 900 000 seguidores no Facebook e mais de 100 000 livros vendidos costuma ser saudado com abraços e pedidos de selfies por onde passa, sobretudo pelos eleitores de esquerda. Historiador mais pop do país, o professor da Unicamp experimentou há três semanas um lado amargo da fama digital: a profusão de haters.

Foi criticado por milhares de seguidores por publicar na internet foto de um jantar com o juiz Sergio Moro, responsável pela Lava Jato, em um restaurante de Curitiba. Depois dos protestos, Karnal eliminou a foto. Em entrevista em seu escritório, na região dos Jardins, em São Paulo, ele disse que passou “a mensagem errada” ao apagar a imagem após a pressão popular, avaliou que a polarização política brasileira não se pauta pela ideologia e defendeu a ideia de que suas palestras, que misturam piadas e citações eruditas, ajudam a atrair público para obras relevantes.

+ Reinaldo Azevedo: Bolsonaro tenta colar em Sergio Moro e passa carão em aeroporto

“Muita gente me disse: “Eu não jantaria com o Moro”. Então, tudo bem, quando rolar (o convite), você não vai”, comentou ele. Ele conta também que não gostou da mensagem passada por apagar o post – “como se eu tivesse me arrependido de ter jantado, o que não é verdade” – e que se surpreendeu com a pressão recebida. “Eu estava isolado no interior da Bahia, num hotel pequeno, para dar uma palestra. Depois da décima ligação de celular na madrugada, das 10 000 mensagens sobre o jantar com Moro, apaguei o post. Eu não queria mais ter contato com essa dor.”

Abaixo, a imagem que deu o que falar, tirada por um garçom em Curitiba:

Leandro Karnal posta foto de jantar com o juiz Sergio Moro

Os juizes Anderson Furlan e Sergio Moro e o historiador Leandro Karnal (da esq. para a dir.)

 

 

 

 

 

 

Para ler a reportagem na íntegra, compre a edição desta semana de VEJA no iOS, Android ou nas bancas. E aproveite: todas as edições de VEJA Digital por 1 mês grátis no Go Read.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Pior que o Karnal ser pego em jantar com Moro é o Juiz Sergio Moro ser pego em jantar com um esquerdista como o Karnal. Cadê a prisão do Lula ?

    Curtir

  2. VERDE e AMARELO

    MORO JANTA COM KARNAL E DESPREZA BOLSONARO? QUEM É MORO? UM NOVO JOAQUIM BARBOZA?

    Curtir

  3. Como o Moto pôde se rebaixar aí nível de Karnal?

    Curtir

  4. Lucas Braga Reis

    Eu não concordo com estes ataques à liberdade. Leandro Karnal é um brilhante pensador e eu o adimiro muito.
    Karnal pode jantar com quem ele quizer. E se quizer postar em suas redes sociais, não tem nenhum problema. Quem essas pessoas pensam que são?

    Curtir

  5. O Moro e o Karnal pode jantar com quem quiserem e onde quiserem, pior se se encontrassem as escondidas.

    Curtir

  6. welington Coelho

    Karnal e Moro sendo de direita ou que for jantam com quem quiser ah vah… Acho ir esse povinho de norte a sul, devem parar de mimimi, ser contra corrupção e pró Brasil, . #CadeiaNoLulaJá

    Curtir