Jornalista Renato Pompeu morre aos 72 anos

Pompeu trabalhou em em diversos meios de comunicação do país, entre os quais VEJA, Folha de S.Paulo e O Estado de S. Paulo

O jornalista Renato Pompeu de Toledo será velado na noite desta segunda-feira, no Cemitério do Araçá, em São Paulo. O corpo será cremado na manhã desta terça, na Vila Alpina, Zona Leste da capital paulista.

Ele morreu na manhã de domingo, aos 72 anos, após uma parada cardíaca. Solteiro, não deixa filhos.

Pompeu foi um dos fundadores do Jornal Tarde, do Grupo Estado, e trabalhou em vários meios de comunicação, entre os quais o jornal Folha de S.Paulo e VEJA. Publicou 22 livros e ganhou um Prêmio Esso de Jornalismo.

Até a véspera da morte, ele mantinha um blog e colaborava com o Diário do Comércio.