Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Grávida perde o bebê após ser atropelada por assaltantes no Rio

Flavia Ahrends, de 40 anos, estava no terceiro mês de gestação e andava na rua com o marido quando foi atingida pelo veículo e caiu no chão

Uma gestante perdeu o bebê depois de atropelada por um carro dirigido por assaltantes quando estava com o marido em uma rua de Higienópolis, na Zona Norte do Rio de Janeiro, na madrugada da última sexta-feira.

Um vídeo divulgado no Facebook registrou o momento em que Flavia Ahrends, de 40 anos e no terceiro mês de gravidez, foi atingida pelo veículo e caiu no chão. Criminosos tomaram sua bolsa e roubaram a carteira do marido, Eduardo Baptista. Ele a acompanhava e também foi atropelado. Depois, os assaltantes fugiram.

O filho de Flavia se chamaria Arthur, mesmo nome do bebê atingido por uma bala perdida no útero da mãe, em Duque de Caxias, no último dia 30. O bebê ferido está paraplégico, em estado grave.

As imagens do assalto de sexta-feira mostram a chegada do carro com os criminosos. Eles o jogaram sobre o casal, que, a poucos metros de casa, aparentemente tentava atravessar a rua. Um dos assaltantes rendeu com uma arma Flavia, caída no chão após ser atingida pelo veículo. O outro rendeu o marido.

Baptista foi esfaqueado no pulso. Ele tentou acudir a mulher, mas foi afastado por um dos assaltantes, que ameaçou esfaqueá-lo novamente. Seu filho, de dez anos, conseguiu fugir.

Flavia só conseguiu se levantar depois que os assaltantes foram embora no veículo. Nesta segunda-feira, ela será submetida a intervenção para retirada do feto. O caso é investigado pela 21ª Delegacia Policial (Bonsucesso).

(Com Estadão Conteúdo)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Espancador de PeTralha

    para completar, s´falta prender a moça e seu marido, por nao facilitarem os menores oprimidos da sociedade que sem saber o que faziam, cometaram um deslize.
    Onde ja se viu, reclamar de ser assaltado? cadeia. nossos jovens meliantes defendidos pelos comunas nao podem ser ameaçados assim. isso é preconceito da elite branca…..
    querem acabar com a diversao e roubos, como ficara o brasil? seguro? so falta querer educar a povo, ai é o fim.

    Curtir

  2. Alex Cardozo

    Odeio esse país, essa Casa da Luz Vermelha não vai e olhar nunca.

    Curtir