Ex-aliado, PSB irá pedir renúncia de Temer na TV

Partido que rompeu com o governo após divulgação de áudios de executivos da JBS prega eleições diretas em programa eleitoral que vai ao ar nesta quinta (22)

O PSB (Partido Socialista Brasileiro), ex-aliado do governo, irá pedir a renúncia do presidente Michel Temer (PMDB) em programa partidário que vai ao ar na televisão na noite desta quinta-feira (22).

O partido, sexto maior em representatividade no Congresso, com 42 parlamentares somando-se as duas Casas, rompeu oficialmente com governo logo após a divulgação dos áudios da delação dos executivos da JBS, em maio. É também a sigla do ministro de Minas e Energia, Fernando Bezerra Coelho Filho (PE).

As peça de 10 minutos, que vai ao ar na televisão e no rádio na noite desta quinta, diz que a sigla “tem um lado”, pede a renúncia do presidente Temer e propõe a convocação de eleições diretas “para impedir que as interferências do poder econômico continuem valendo mais do que a vontade da população.”

“Defendemos a renúncia do presidente Michel Temer, que perdeu as condições éticas para liderar o País”, afirma a apresentadora do vídeo.

“Fechamos questão contra as reformas trabalhistas e da previdência propostas por Temer”.

O filme ainda presta uma homenagem ao escritor Ariano Suassuna, que foi presidente de honra do PSB e completaria 90 anos no dia 16, e relembra a trajetória das mulheres na política, citando a primeira brasileira a ter um título de eleitor, e a primeira mulher a ser eleita  para um cargo público.

Assista ao vídeo

 

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. ADRIANOVIAJANTE007

    O desgoverno Temer é o pior que já desgovernou o país e o mais perverso e ímpio e completamente anticristão.

    Curtir

  2. Normal. Afinal é um partido de esquerda. Por isso que eu digo e repito. Nunca vote em partidos de esquerda . O socialismo é o fracasso em qualquer economia . Não existe nenhum país onde o socialismo deu certo

    Curtir

  3. Marco Otacílio

    São todos santos agora que estão fora do governo, bando de oportunistas. São TODOS farinha do mesmo saco.

    Curtir

  4. Ricardo Andreucci

    Ou seja, o PSB vai rasgar a Constituição Federal na frete de todos os expectadores, pois sabemos que alterar a periodicidade das eleições é inconstitucional, e é cláusula pétrea da CF, não pode ser mexida ao prazer da conveniência do momento desses golpistas. Quem será que eles querem na presidência ? Alguém que seja contra o Brasil é claro.

    Curtir

  5. José Roberto

    Fica Temer, deixa os esquerdopatas chorarem por não poder evitar a prisão do Lula(bafo-de-onça).

    Curtir

  6. José Roberto

    Lulistas e vermes vermelhos, tic,tac,tic,tac,tic, tac..

    Curtir

  7. Airton Pachela

    Essa atitude do PSB, é chute no traseiro do PSDB, ainda se acha todo poderoso esta se corroendo .

    Curtir