Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Estacionamentos privados cobram até 250 reais na noite da virada em Copacabana

Com menos 2.600 vagas, donos de garagens aproveitam para aumentar os preços

Com interdições nas três principais ruas de Copacabana e com o fechamento dos acessos ao bairro na noite da virada, os estacionamentos privados estão aproveitando para lucrar alto no réveillon. Há locais cobrando até 250 reais para os motoristas que optarem por deixar o carro em Copacabana antes do bloqueio dos acessos ao bairro. Estacionar na rua será missão quase impossível. A prefeitura vai retirar 2.600 vagas no dia 31.Diante dessa dificuldade, donos de garagens arregalam os olhos para o filão que se abre no réveillon da praia de Copacabana, que deve ter um público de dois milhões de pessoas.

A prefeitura do Rio pede para que todos optem pelo transporte público. Quem insistir em ir com o seu automóvel deverá ficar atento no local onde pará-lo A secretaria municipal de Ordem Pública vai lançar mão de reboques para coibir o estacionamento irregular. Os veículos parados em espaços impróprios serão levados para depósitos públicos do município.

Um grupo de 1.845 guardas municipais e agentes da secretaria de Ordem Pública estará a postos em Copacabana para reprimir os motoristas que pararem em lugares irregulares. Um total de 500 agentes orientará o trânsito em Copacabana. O Centro de Operações do município vai monitorar o bairro através de 30 câmeras espalhadas pelo bairro.

A sugestão da prefeitura é que os passageiros usem o metrô ou o ônibus. A concessionária MetrôRio disponibilizou 141,5 mil cartões, sendo 104 mil para ida e volta; 24,5 mil para ida e 13 mil para a volta. Foram vendidos até o momento 107.361. O esquema especial do metrô funcionará das 19h às 5h sem a transferência entre as linhas 1 e 2. Ou seja, o trajeto entre as estações Pavuna, Cardeal Arcoverde, em Copacabana, e General Osório, em Ipanema, será feito diretamente.

Se a opção do passageiro for pelo ônibus, é necessário se informar sobre a volta para casa. Na ida, 80 linhas passarão por Copacabana. Na volta, haverá pontos específicos de embarque:

Área 1 – Av. Barata Ribeiro próximo aos fundos do hotel Copacabana Palace

Para quem se destinar aos bairros da Abolição, Méier, Tijuca, Vila Isabel, Triagem, Penha, Olaria, Ramos, Jacaré; Central, Lapa e Rodoviária; e Urca e Glória.

Área 2 – Rua Tonelero (a partir da Rua Santa Clara) e Rua Pompeu Loureiro

Para os passageiros que retornarão aos bairros do Centro, Cosme Velho, Largo do Machado, Grajaú e São Cristóvão.

Área 3 – Rua Raul Pompéia

Para quem vai em direção aos bairros do Cosme Velho, Ipanema, Leblon, Gávea, São Conrado, Barra da Tijuca, Recreio dos Bandeirantes, Jacarepaguá, Campo Grande e Santa Cruz.

LEIA TAMBÉM:

Prefeitura do Rio amplia interdições de trânsito para o réveillon de Copacabana

Réveillon de Copacabana terá como tema a Rio+20 e o meio ambiente

Copacabana em contagem regressiva para a virada