Dupla é presa por tatuar ‘ladrão e vacilão’ em testa de jovem

Ronildo Moreira de Araújo e Maycon Wesley Carvalho dos Reis foram presos sob a acusação de tortura

Na última sexta-feira, um vídeo tornou-se um viral: dois homens provocam um garoto e perguntam que tatuagem ele quer fazer. O menino responde “ladrão”, sem oferecer muita resistência. A foto que acompanha a filmagem revela a frase “eu sou ladrão e vacilão” escrita na testa do jovem de 17 anos. O castigo foi dado porque o rapaz teria tentado roubar uma bicicleta.

O caso aconteceu em São Bernardo do Campo e levou os dois homens à prisão. O tatuador Ronildo Moreira de Araújo, de 29 anos, e seu vizinho Maycon Wesley Carvalho dos Reis, de 27, foram presos em flagrante na noite da sexta-feira e continuam detidos no 3º Distrito Policial de São Bernardo do Campo até a noite deste sábado.

A prisão aconteceu porque os familiares do menor de idade receberam o vídeo e denunciaram a ação para a polícia. O jovem já estava desaparecido e ainda não foi encontrado depois que foi solto pelos dois homens.

As informações foram confirmadas pela delegacia, mas os funcionários não quiseram dar mais detalhes sobre o caso. O delegado Wagner Milhardo vai se pronunciar sobre na próxima segunda-feira.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Cristina Costa

    Tadinhos, são sempre bonzinhos, vitimas da sociedade, da crueldade alheia, blá blá blá e os donos só aparecem para pedir “justiça” ou indenização, quando a mídia faz este tipo de sensacionalismo.

    Curtir